Mapa Mental 🤔 #24 | Jornalismo do tipo mata a cobra e mostra o pau

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

Nesta edição do Mapa Mental:

– Jornalismo do tipo mata a cobra e mostra o pau
РReflex̣o em boa hora
РUOL fecha conte̼do de colunistas
– Ainda falta um _blank
Mais podcasts em campo no GloboEsporte.com
РO Globo estreia podcast da reda̤̣o
– Vem aí o ClickTube Brasil
– A culpa do ReTweet
– Como o Insta é bonzinho…

 Jornalismo do tipo mata a cobra e mostra o pau

Quando as agências de checagem começaram a surgir, choveram críticas. O que elas fazem é o que o jornalismo já faz, diziam os que não viam sentido no serviço realizado pelas fact checking como Agência Lupa e Aos Fatos e iniciativas como o Comprova.

Conversando a respeito do atual momento do jornalismo com meu amigo Gastão Cassel, até por conta do conteúdo publicado pelo Intercept Brasil na série da #VazoJato, com textos que não só contam como detalham contextos e implicações, a conclusão que chegamos é que:

  • O público tem uma enorme desconfiança (muitas vezes por má fé) no trabalho da imprensa. Ou uma gigantesca dificuldade (proposital) de entender o papel do jornalismo.
  • Para encarar isso, o texto jornalístico precisa ir além e não deixar margem para que o que está informado seja contestado como fato concreto. Ou seja, adeus entrelinhas. Fulano disse isso, Beltrano fez aquilo e o efeito dessas ações é esse. Assim, nos mínimos detalhes, como é o trabalho das agências de checagem.

Em cima disso, destaco o que diz o jornalista norte-americano Bill Adair, vencedor do prêmio Pulitzer e fundador do PolitiFact, um dos primeiros sites de checagem dos Estados, em reportagem reproduzida no site da ANJ:

“A checagem de fatos é a variante mais importante do jornalismo na era digital”. Ou seja, não é a agência de checagem que é o jornalismo. É o jornalismo que precisa ser mais agência de checagem.

Reflexão em boa hora

“O jornalismo que andava esquecido de si mesmo” (Sobre hackers, interesse público e jornalismo, por Gastão Cassel)

UOL fecha conteúdo de colunistas

O colunista Reinaldo Azevedo antecipou em seu programa de rádio na Band News FM que o UOL irá fechar o acesso para assinantes de alguns de seus (inúmeros) blogueiros colunistas. Azevedo indicou que seu blog estará entre os “contemplados”. A conferir qual será o modelo adotado pelo portal que até o momento mantém seu conteúdo aberto, sem nenhum tipo de “muro” nem cadastro.

Ainda falta um _blank

O novo site da rádio CBN Diário, lançado recentemente, ainda carece de um “_blank” nas chamadas. A medida se faz ainda mais necessário por causa do conceito da NSC de fazer do site da rádio uma espécie de “mini-portal” que compartilha chamadas e links para outros canais digitais do grupo (NSC Total e jornais Diário Catarinense e outros).

Com isso, fica muito estranho estar no site da rádio, clicar numa chamada e a página mudar para o site do DC. Se o topo do site permanecesse o mesmo da CBN Diário, menos mal. Mas abrir em nova janela é a melhor opção.

Mais podcasts em campo no GloboEsporte.com

O pessoal do GloboEsporte.com está mesmo empolgado com o formato de podcast. Durante o programa Redação SporTV desta terça-feira, o portal de conteúdo esportivo do Grupo Globo anunciou o lançamento dos podcasts dos quatro times do Rio de Janeiro (Flamengo, Botafogo, Fluminense e Vasco), que se juntam aos dos times de São Paulo (Corinthians, Santos, Palmeiras e São Paulo).

O modelo dos podcasts segue o mesmo nos dois estados. O repórter setorista recebe outros profissionais do esporte da Globo (outros repórteres, narradores e comentaristas) para apresentar e debater notícias do dia a dia dos clubes.

Todos os podcasts do GloboEsporte.com estão no endereço www.globoesporte.com/podcasts.

O Globo estreia podcast da redação

Seguindo o que já fazem Folha e Estadão, também O Globo passa a contar com um podcast diário da redação que pretende reunir profissionais do veículo para tratar dos principais assuntos do país e do mundo. Batizado de Ao Ponto, o podcast estreou nesta segunda (29) como parte das comemorações dos 94 anos de O Globo e terá seus episódios distribuídos de segunda a sexta às 6h.

Ouça aqui.

Vem aí o ClickTube Brasil

Apresentadores e jornalistas que deixaram a TV e foram para o YouTube ganham um guarda-chuva a partir de agosto, conforme a colunista da Folha, Cristina Padiglione. Trata-se do ClickTube Brasil, um grande portal que deve reunir mais de 50 canais de nomes como os ex-Globo Carla Vilhena, Cris Dias, Luciana Dávila, Fernando Rocha, Guto Abranches, além do veterano Ricardo Kotscho. A estreia acontece em 26 de agosto.

A culpa do ReTweet

Curiosa a “culpa” assumida pelo do desenvolvedor Chris Wetherell usuário que criou e propagou o ReTweet no Twitter (hoje é um botão, mas antes, era preciso copiar e colar o texto do tweet para compartilhar o conteúdo de outro usuário com o RT na frente; procedimento criado por Wetherell).

Ele acredita que o RT tem ajudado a propagar as fake news no Twitter, o que contribui também para uma rede social mais tóxica pela falta de checagem e pelo compartilhamento de conteúdos de ódio. Ou seja, ficou fácil e prática para postar tweets dos outros. “O RT é como uma arma carregada na mão de uma criança de 4 anos”, diz o desenvolvedor.

Leia a entrevista dele ao BuzzFeed (via BlueBus).

Como o Insta é bonzinho…

O Instagram magoou a galera com esse teste (que caminha para ser definitivo) de não mostrar mais para o público o número de curtidas dos posts. Mas agora, quem sabe querendo limpar sua barra, o pessoal do Insta está usando Inteligência Artificial para ajudar os usuários a escolherem e publicarem as melhores fotos da galeria.

A novidade deve chegar ao Instagram numa próxima atualização com outras funções, como destaca post no site Show Me Tech.

Aliás…

O número de curtidas nas fotos do Instagram ainda aparece na versão desktop da rede social. Avise seus amigos, seguidores e anunciantes.

 

Mapa Mental é a coluna de notas e insights do Primeiro Digital. Sempre às terças uma nova edição.

Todas as colunas.


Receba as atualizações por e-mail. Saiba como.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *