Mapa Mental 🤔 #40 | Corra que o “social media” da polícia vem aí 

Padrão

Nesta edição do Mapa Mental:

– Corra que o social media da polícia vem aí
– Podcast como estratégia para atrair público jovem
Atlas da Notícia mostra avanço dos sites de notícias
– Campeões de bilheteria, campeões na busca do Google

Continue lendo

A rede social é cruel, muito cruel (e o jornalismo, irresponsável)

Padrão

Enfim uma boa razão para esconder likes nas redes sociais: você deixa de ver quantos corações são dados para conteúdos que espalham notícias mentirosas ou, pior, tentativas de humor carregas de crueldade e mau gosto. Reduz o mal-estar, ainda que não seja possível “desver”, como se diz por aí, tamanhos absurdos publicados. Foi o que se viu nessa quinta-feira (21) com o acidente envolvendo o apresentador Augusto Liberato, o Gugu.

Continue lendo

Mapa Mental 🤔 #38 | ND+ e NSC Total empatados em número de visitas

Padrão

Nesta edição do Mapa Mental:

ND+ e NSC Total empatados em número de visitas
– G1 na janelinha do podcasts
Podcasts da Folha premiados
– O papel da desinformação e de relatos fraudulentos
– Ainda sobre voz no RD Summit
– Por falar em voz: testando o Audima

Continue lendo

agente POD | Ep. 003 – Soltando a voz sobre o RD Summit 2019

Padrão

Florianópolis sediou entre 6 e 8 de novembro mais uma edição do RD Summit, o maior evento de marketing digital da América Latina. Neste episódio, ouça o que se falou sobre conteúdo e busca por voz destaque na edição deste ano do evento. Confira também tendências sobre redes sociais e novos caminhos para o conteúdo de inbound marketing. Com as participações de Fabrício Rodrigues (SC Inova), Rachel Sardinha (Vocali) e Rogério Mosimann (Infomídia).

Disponível nos tocadores Anchor.fm, Spotify, Google Podcasts, Breaker e Radio Public.

Criando podcast: Mercado, ideias e oportunidades; ouça

Padrão

Anteriormente, no Primeiro Digital…

Produzi o episódio 001 do agente POD, o podcast do Primeiro Digital. Usei como gancho a decisão do Grupo NSC de encerrar as edições impressas dos seus jornais em Santa Catarina. A ideia era experimentar produzir um podcast baseado em um tema factual e fazer um comentário a respeito. Gostei da dinâmica e resolvi repetir a dose.

Continue lendo

agente POD | Ep. 002 – Acompanha Podcast: Mercado, ideias e oportunidades

Padrão

Neste episódio, os principais resultados da pesquisa do Spotify sobre o podcast no Brasil e como isso podo inspirar na criação de projetos no jornalismo e no marketing digital. Destaque para o modelo do Café da Manhã, da Folha de S.Paulo, e para a possibilidade de humanizar mais o inbound marketing com o podcast.

Disponível nos tocadores Anchor.fm, Spotify, Google Podcasts, Breaker e Radio Public.

Mapa Mental 🤔 #37 | A dificuldade de ser multiplataforma

Padrão

Nesta edição do Mapa Mental:

– A dificuldade de ser multiplataforma
– Rádio dá o exemplo de reinvenção
– Um modelo de multiplataforma
– PodPesquisa 2019: Quem ouve podcast no Brasil?
Disputa caseira nas redes sociais
– E por falar em redes sociais

Continue lendo

Em busca de respostas sobre redes sociais no RD Summit

Padrão

A estrutura gigante montada para o RD Summit já chama a atenção na entrada da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis. O evento, considerado o maior da América Latina, deve receber cerca de 12 mil participantes que, assim como eu, estarão lá nos dias 6, 7 e 8 de novembro em busca de respostas para perguntas que ajudem a entender o momento e a desenhar os rumos do marketing digital para os próximos anos.

No Mapa Mental 35, destaquei que esta seria a edição RD Summit que fala, por causa das palestras sobre temas ligados ao uso da voz em plataformas como podcasts e assistentes virtuais. Mas para quem produz conteúdo, pela ampla programação do evento, será uma oportunidade de tirar dúvidas, confirmar certezas e gerar insights que possam impactar no planejamento, na produção, e, principalmente, na relação com os clientes.

Na prévia que fiz da agenda do RD, além dos temas sobre voz, coloquei palestras e painéis que tratam de conteúdo de um modo geral, mas também aquelas que abordam tendências sobre redes sociais. Sabe por quê?

Continue lendo

Mapa Mental 🤔 #36 | A contagem regressiva para o fim de um jornal

Padrão

Nesta edição do Mapa Mental:

– A contagem regressiva para o fim de um jornal
– Cantinho do #TBT
– O futuro do podcast
– UOL lança mais um podcast
– HBO usa podcast em comunicação de nova série
Na onda do podcast
– Spoiler da era da voz
– Primeiro Digital no seu WhatsApp

Continue lendo

Criando podcast: Uma oportunidade para testar, gravar, editar e publicar um primeiro episódio

Padrão

Nesta quarta-feira (16), o Grupo NSC de Comunicação promoveu demissões e anunciou o fim das edição impressas de seus três jornais em Santa Catarina (Diário Catarinense, A Notícia e Santa), além de encerrar também o popular Hora de SC. Foco total no digital, com uma publicação semanal em forma de revista e promessa de ampliar a oferta de conteúdo.

As demissões e o fim dos jornais começaram como burburinho logo cedo e foram sendo confirmados no decorrer do dia.

Como tenho acompanhado os movimentos da NSC aqui no blog rumo ao digital, comecei a escrever um texto a respeito das mudanças. Fui escrevendo, lendo, escrevendo, lendo… E tomei a decisão: vou gravar em formato de podcast!

Continue lendo

agente POD | Ep. 001 – O fim dos jornais do Grupo NSC em Santa Catarina

Padrão

Neste episódio do agente POD, uma análise sobre a decisão do Grupo NSC Comunicação, de Santa Catarina, de encerrar as edições impressos de seus jornais e focar apenas no digital e numa revista semanal. Vai dar certo?

Disponível nos tocadores Anchor.fm, Spotify, Google Podcasts, Breaker e Radio Public.

Mapa Mental 🤔 #34 | Segue reto toda vida: Mídia tradicional ruma para o digital

Padrão

Nesta edição do Mapa Mental:

– Segue reto toda vida: Mídia tradicional ruma para o digital
– Jornais perto do fim?
– A imagem que precisa de mais palavras
– Uns toques sobre marketing de conteúdo
Hoje sim, sim!

Continue lendo

Mapa Mental 🤔 #33 | Cauda longa a serviço da desinformação

Padrão

Nesta edição do Mapa Mental:

– Cauda longa a serviço da desinformação
– Olha o Fakebook aí…
– UOL lança podcast com demitidos da ESPN
– A disparada dos podcasts
– Reflexos dos novos hábitos de consumo de informação

Continue lendo

Criando podcast: Momentos de reflexão, registros de novas ideias e estudos de possibilidades

Padrão

Minha jornada em torno da criação do meu podcast continua. “Ah, mas que enrolação”, vocês podem pensar. Parece, pode ser, mas sinceramente não é. É apenas uma decisão de encaixar o podcast da melhor maneira possível na minha rotina para que eu comece e continue. Não quero fazer um “devezenquandário”. Frequência, lá como cá, é fundamental para criar hábito e cativar o público.

Por isso, posso estar um pouco ansioso, mas não apressado para entrar para valer na podosfera. Enquanto isso, participo de iniciativas como o Extrema Imprensa, ao lado do amigo Gastão Cassel. E mantenho a rotina de pensar sobre o que pretendo fazer.

Continue lendo

Meme é meme, fake news é fake news

Padrão

O que seria da internet sem os memes? E o que seria dos memes sem a vocação dos brasileiros para a zoeira? É divertido e quase sempre terapêutico. E, como se diz nas redes sociais, é para isso que a gente paga a internet. Concorda? Meme é legal ainda que estimule a preguiça dos editores que ficam transformando meme em manchete. Virou meme, virou manchete!

Mas antes virar manchete que virar peça para propagar fake news e desinformação. Foi o que fizeram com a montagem de uma foto com a jovem ativista ambiental Greta Thunberg.

Continue lendo

Ainda é relevante aparecer no Trending Topics do Twitter?

Padrão

Compartilhei na terça-feira (24) uma boa lembrança: o dia em que organizei um twitaço e coloquei uma hashtag no Trendind Topics do Twitter (#rockSC, com bandas de Santa Catarina compartilhando seus canais na internet – MySpace, lembra? – e suas músicas, e eu divulgando links do meu blog Rock SC). Foi em 23 de setembro de 2010.

Na época, foi um grande feito e com grande repercussão local estar na lista dos dez assuntos mais comentados do dia no Twitter, que ainda dominava a “cena” na época. E especialmente pela causa proposta pelo twitaço, de divulgar e dar maior visibilidade das bandas catarinenses.

Pensando sobre o “feito” de nove anos atrás, e tendo como parâmetro o atual momento do Twitter (relevante, mas poluído de maus usuários e robôs), me pergunto: ainda é relevante aparecer no Trending Topics? Que diferença faz e resultado prático isso gera?

Continue lendo