Debate sobre fake news não sai das manchetes (e isso é ótimo)

Padrão

Notícias falsas não são novidade e não foram inventadas “pela internet”. Mas vamos combinar que os usuários de redes sociais tornaram a prática muito mais comum e agressiva. E por isso, é muito bom ver o assunto estar frequentemente nas manchetes e ser tema de debates como o que acontece nesta quinta-feira, dia 24, na sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina.

Continue lendo

comScore apresenta perspectivas do Cenário Digital Brasil 2018

Padrão

A comScore promoveu um webinar para apresentar o seu já tradicional estudo anual que analisa dados multiplataforma dos Estados, Canadá, França, Alemanha, Itália, Espanha, Reino Unido, Argentina, Brasil, México, Índia, Indonésia e Malásia. O webinar detalhou os principais dados e destacou insights sobre o uso de desktops, smartphones e tablets a partir das mudanças no consumo de conteúdo e de audiências ao longo de 2017.

Confira as principais conclusões do estudo apresentadas durante o webinar da comScore:

Continue lendo

Como funciona a produção de fake news e como o comportamento na rede social ajuda na propagação

Padrão

Em março, produzi uma série especial sobre fake news para o jornal Notícias do Dia, de Florianópolis. As reportagens trataram de diferentes aspectos relacionados ao assunto, desde a origem e o compartilhamento até as formas de combate (pela via legal e pela mudança no comportamento), passando também pelo papel do jornalismo e do jornalista como antídoto contra a propagação das notícias falsas.

Uma das fontes que participam da série é a professora e consultora especializada em mídias sociais, Luciana Manfroi, que tem sempre ótimas observações a respeito do mundo digital em seu Facebook, blog e agora também na coluna semanal que passou a assinar no OCP News de Florianópolis. Recomendo (dica de leitura).

Reproduzo abaixo, as respostas esclarecedoras que a Luciana deu para perguntas que contribuíram bastante para o “debate” sobre o assunto que tive a satisfação de mediar com série (grato ao Luís Meneghim, diretor de conteúdo do Grupo RIC pelo convite). Confira.

Continue lendo

Hora de refundar o conceito de rede social

Padrão

Providência tomada: Facebook só pro trabalho. Não vou excluir o perfil (o Messenger estará ativo no celular), mas só vou entrar com outro perfil vinculado ao trabalho de gestão das páginas dos clientes que atendo. E do Primeiro Digital. Não vou seguir ninguém nem curtir páginas. Estarei no grupo Jornalismo Digital SC – Primeiro Digital e nos grupos dos cursos e palestras que dou.

Sigo no Twitter (@agenteinforma @primeirodigital e @tufloripa) e no Instagram (@agenteinforma @primeirodigital e @tufloripa), no LinkedIn (https://www.linkedin.com/in/alexandregoncalves1602/) e no www.primeirodigital.com.br. Essa decisão é uma questão de manter o foco e de saúde mental. Facebook tá contaminado de um jeito que não tem mais volta. Estresse desnecessário, mesmo estando em uma bolha.

Há um mês publiquei a mensagem acima no meu Facebook e desde então estou em processo de transição para a conta nova criada para uso profissional. Mais do que isso, esse processo de distanciamento do Facebook me faz repensar o uso das redes sociais.

Continue lendo

@TuFloripa: A experiência de um canal no Instagram com foco hiperlocal

Padrão

Florianópolis completou 345 anos ontem (23) e a data marcou também o primeiro ano do TuFloripa, meu projeto pessoal que nasceu para servir de laboratório para testar uma plataforma, uma tendência e um modelo de produto digital.

Explico.

Continue lendo

Confirmado: Novo site de notícias de Florianópolis estreia dia 20

Padrão

Está confirmada para esta terça-feira, dia 20 de março, a estreia oficial do site OCP News Florianópolis, focado em notícias da Capital catarinense e região metropolitana, como o Primeiro Digital havia antecipado em post publicado em fevereiro.  O novo site faz parte da rede OCP News, braço digital do jornal O Correio do Povo, o mais antigo em atividade em Santa Catarina, com sede em Jaraguá do Sul.

Continue lendo

Que leitor é esse nos comentários?

Padrão

Se você leu comentários em sites e redes sociais durante a semana, parabéns pela coragem e pelo estômago forte. Já é difícil de encarar em qualquer situação, fica ainda pior quando ocorre um fato com a dimensão da execução da vereadora Marielle Franco no Rio de Janeiro. Preferi não encarar. Mas hoje fui conferir os comentários num post sobre a funkeira Jojo Todynho (“Que tiro  foi esse?”) no Facebook do Notícias do Dia e tive a certeza: a participação do amigo internauta é cada vez mais dispensável em qualquer plataforma do veículo.

Continue lendo

Construindo um título caça-clique

Padrão

O tweet do jornalista Jorge Nicola (acima) é um exemplo de um título caça-clique, aquele criado com o único propósito de chamar a atenção e gerar acessos, mesmo que para isso seja preciso forçar a barra e não ser totalmente honesto com o leitor. É o caso do tweet de Nicola sobre o goleiro Renan, formado no Avaí, convocado para a Seleção Brasileira e contratado pelo Corinthians.

Continue lendo

Conteúdo colaborativo: O desafio de entender o público para receber o que se quer

Padrão

A Globo está com um mico na mão: a campanha O Brasil que eu Quero. E não é só pela quantidade exagerada de vezes que o vídeo “tutorial” foi exibido nos telejornais nacionais e regionais da emissora. Mas pelo resultado da ação. Os poucos vídeos enviados pelo G1 estão longe de seguir o roteiro proposto pela Globo. Ok, o celular está deitado (na horizontal), mas o cenário não é o ponto turístico que representa a cidade. O cenário é o lixão, a obra inacabada, a estrada esburacada… Era isso que a Globo queria mostrar?

Continue lendo