Insights para a produção de conteúdo no marketing digital

Padrão

Publiquei nesta segunda-feira no Portal Making Of o artigo ​Como deve ser o conteúdo da sua empresa em 2018, em que reúne alguns insights a respeito das características do conteúdo eficiente para as estratégias digitais das empresas. Este é um segmento no qual tenho atuado (veja meu portfolio) e que tem atraído cada vez mais colegas jornalistas.

Veja alguns trechos do artigo.

Continue lendo

O leitor que não lê ataca novamente

Padrão

Estive em Criciúma na última quarta-feira (27) participando da Arena Criativa, evento promovido pela Falculdade SATC e que reúne palestras e workshops na área da comunicação. Fui falar sobre SEO (Otimização para mecanismo de busca), mas comecei abordando os novos hábitos de consumo de informação, partindo da “preferência” de ficar (ou se sentir) informado no Facebook. Citei novamente também uma sensação que sempre tive de que os leitores de internet simplesmente não leem. Estão no Facebook, veem uma manchete e já vão para os comentários, antes mesmo de clicar e ler o texto do link compartilhando.

O exemplo que sempre cito é o da morte do ator Paul Walker, astro de “Velozes e Furiosos”, ocorrida em  2013, em um acidente de trânsito. A manchete da Folha S.Paulo na internet atraiu comentários qualificando Walker como “irresponsável” por levar para as ruas, para a vida real, o jeito de dirigir dos filmes. O problema é que o ator não estava ao volante, estava no banco do carona.

Na sexta-feira, no Facebook (onde mais seria?), vi mais um exemplo dessa “mania” (preguiça?) de não clicar, não ler, mas comentar com gosto.

Continue lendo

O clicRBS ainda existe e em Santa Catarina agora tem novo nome

Padrão

O Portal Making Of publicou nota nesta quarta-feira (6) informando que o logo do portal clicRBS mudou na versão para Santa Catarina por causa da venda dos veículos da RBS em Santa Catarina para o grupo que desde o dia 15 de agosto é oficialmente chamado de NSC Comunicação. A mudança no logo é lógica: saiu o RBS e ficou só o “clic”.

A surpresa maior talvez seja a própria menção ao portal. Por n motivos, o clicRBS foi sendo enxugado e perdendo sua razão de existir por causa dos movimentos principalmente dos jornais do grupo RBS (Zero Hora e Diário Catarinense). Era uma estrutura independente, ao mesmo em que era guarda-chuva digital dos demais veículos. Por isso, a expectativa é que, a partir desta mudança visual, o portal renasça, volta a ser referência.

Continue lendo

Sobre o novo JN

Padrão

A sugestão de Chico Barney no Twitter para uma integração do novo Jornal Nacional com a internet é pura ironia por causa do nível dos comentários dos leitores do G1. Mas poderia ser uma forma de apresentar realmente algo novo, diferente no conteúdo. Reforçar o convite para rever as reportagens no Globo Play é pouco para tanto efeito especial.

Sobre o novo JN, leia as análises de Claiton Selistre, no Portal Making Of, e Maurício Stycer, no UOL.

Continue lendo

Jornalismo de dados: Reportagem revela gastos com diárias de deputados catarinenses

Padrão

O jornalista Hyuri Potter, do Diário Catarinense, assina na edição desta terça-feira (9), reportagem especial baseada em dados que mostra que os 40 deputados estaduais de Santa Catarina e 2 mil servidores da Assembleia Legislativa gastaram mais do que a Câmara e o Senado juntos em 2016. O trabalho é de fôlego e um dos mais completos em termos de jornalismo de dados já feito na imprensa catarinense. E rendeu um especial no site do DC onde os dados são detalhados e todo o processo de coleta devidamente explicado.

Continue lendo

Para quem já está com saudades do Ego

Padrão

Foi uma semana difícil para os fãs do site de celebridades Ego. A Globo anunciou que no fim deste mês o Ego será descontinuado. O foco digital do grupo será no G1, GloboEsporte.com, Gshow e GloboPlay.

Mas o fim do Ego não será o fim do “jornalismo de celebridades”. Se você é fã, portanto, não há motivo para ficar triste.  Vai o Ego sobra, por exemplo, a revista Monet, que, em tese, é o guia de programação da NET, mas parece ter uma linha editorial bastante flexível…

Vejam esta manchete.

Continue lendo