“O Globo viajou” outra vez, mas não espalha

Padrão

Em outubro deste ano, o jornal O Globo teve que estampar na capa uma nota admitindo que uma informação publicada pelo colunista Lauro Jardim não era verdadeira. Na época, abordei no blog as responsabilidades quando este tipo de situação acontece, questionando a atitude dos veículos e de seus profissionais diante da gigantesca propagação alcançada por uma notícia “errada” (ou falsa) via compartilhamentos em redes sociais. Sem contar os comentaristas de internet que acabaram sendo feitos de bobos por O Globo.

Ontem, uma outra nota na coluna de Lauro Jardim no site do jornal carioca mais uma vez explodiu nas redes sociais. Dizia o título da nota: Eduardo Cunha viaja com a família para a Cuba para fechar 2015. Publicada no início da tarde de sábado e assinada por um dos repórteres da coluna, às 19h a nota ganhou uma atualização no pé do texto:

Atualizado às 19h: Eduardo Cunha não embarcou. Estava no aeroporto apenas para embarcar a família para Cuba.

O título mudou também: Eduardo Cunha embarca a família para a Cuba para fechar 2015. A origem da correção, ao que parece, foi um tweet do próprio presidente na Câmara, publicado por volta das 15h.

No Twitter, o tweet de divulgação da nota continua lá, com o título com “viaja com a família”. No Facebook, a chamada ganhou um “a tempo” para dizer que o Cunha não foi com a família, mas já era tarde. São quase 400 compartilhamentos, mais de 400 curtidas e mais de 100 comentários (alguns criticando o erro da coluna, mas a maioria detonando o deputado).

twitter

Mais curioso ainda é ver sites adversários como o Diário do Centro do Mundo repercutirem a nota de O Globo. No Facebook, mais de 700 compartilhamentos. Mas desta vez o DCM, que costuma vacilar principalmente por copiar e colar conteúdo, fez duas outras publicações em cima do desmentido de Cunha, uma delas produzida pela equipe do Último Segundo, do iG.

Faltou ao colunista de O Globo, o mesmo procedimento. A nota desde a primeira versão é muito mal escrita na tentativa de colocar uma pimenta. Tem a pretensão de ser engraçadinha, mas passa longe. Melhor mesmo seria escrever uma nova nota, admitindo o erro (seria este o problema?) e fazendo novas chamadas nas redes sociais. Não fizeram nem uma coisa nem outra e nem se importaram da URL da nota continuar a mesma e com o erro de informação incluído:

http://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/eduardo-cunha-viaja-com-familia-para-cuba-para-fechar-2015.html

urljardim

E na falta de uma imagem do Cunha no aeroporto, na fila do embarque, passaporte em mãos, foram ao Instagram de uma das enteadas do deputado e pegaram uma foto que nem é dela. É um respost da celebridade dos Estados Unidos Kendall Jenner, o que não é informado na nota. Mas o negócio era apimentar e detalhes, pelo jeito, são só detalhes.

No Google, uma busca por “Cunha viaja Cuba” mostra que muitos sites embarcaram na notícia publicada na coluna de O Globo. Quantos corrigiram a informação?

Você tem alguma informação ou comentário para acrescentar a este conteúdo?