Fim de semana com especiais no @DConline e no @ND_Online

Padrão

Os leitores do Diário Catarinense (Grupo RBS) e do Notícias do Dia (Grupo RIC) têm neste fim de semana dois bons motivos para acessar os sites dos dois principais jornais do estado: ambos produziram especiais multiplataforma vinculados à suas edições de domingo (DC) e de fim de semana (ND).

O DC, que já vinha do ótimo conteúdo sobre a moradora de rua cantora, apresenta o especial As quatro estações de Iracema e Dirceu. Trata-se de um conteúdo multimídia que mostra o trabalho da reportagem do DC que por dois anos e sete meses acompanhou a vida da família dos agricultores Iracema e Dirceu, moradores da região Oeste de Santa Catarina, e seus 14 filhos.

Em formato long form, o especial destaque que os personagens centrais da reportagem “fazem parte de uma estatística nem sempre associada a Santa Catarina – a realidade das pessoas em situação de miséria”. Além deste foco diferenciado, o especial, com reportagem de Ângela Bastos e Charles Guerra e com design e desenvolvimento de Fábio Nienow, certamente entra na galeria de um dos mais bem feitos entre os veículos de Santa Catarina.

Especial

Confira As quatro estações de Iracema e Dirceu

Já o ND, apresenta o especial multimídia Nossas Baías, um mapa interativo que desvenda diversos pontos a respeito da situação das baías Sul e Norte de Florianópolis. Reforçando sua linha editorial que aposta no jornalismo hiperlocal, o ND traz conteúdo em vídeo, texto, foto e infográfico, resultando em um material que certamente chama a atenção de quem vive na região.

O especial tem o objetivo de mostrar as mudanças que as baías sofreram nas últimas décadas e inclui análises sobre a balneabilidade da água das seis praias da região. De certo, mexe com a curiosidade dos leitores ao reunir informações que muitas vezes acabam sendo pouco divulgadas ou até esquecidas pelo tempo. Só faltou uma edição mais detalhada dos vídeos publicados no YouTube. As descrições poderiam remeter para a página do mapa, por exemplo.

nossas_baias

Confira Nossas Baías

Sobre os dois especiais, faço uma mesma pergunta: por que não há nenhum patrocínio? Uma pena. A qualidade e o trabalho de produção de especiais deste tipo ajudam a apontar um caminho não só para o editorial, mas também para o comercial dos canais digitais dos veículos. É um diferencial que bem trabalhado também pelo comercial pode render outras fontes de faturamento para os canais.

 

Deixe uma resposta