Dicas para planejar a cobertura e a apuração dos votos para as Eleições 2020

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

A ServerDo.in, que hospeda o Primeiro Digital e atende mais de 90 sites/portais de notícia, lançou um conteúdo especial para a cobertura e apuração em tempo real das Eleições 2020. É um post bem completo para ajudar no planejamento do trabalho relacionado ao pleito deste ano, inicialmente previsto para outubro, mas adiado para novembro (dias 15, primeiro turno, e 29, segundo turno).

A convite da ServerDo.in colaborei com o material escrevendo o trecho que fala sobre o acompanhamento do processo eleitoral, a partir da minha experiência nas coberturas, inclusive tem a empresa como parceria, na época em que comandava a equipe digital do Grupo RIC (hoje ND; foto abaixo).

Abordo questões como a formação da equipe, a importância de um canal específico para Eleições (mais do que uma editoria), além da produção de conteúdos especiais, prestação de serviço e combate à fake news. Também dou dicas sobre aproveitamento comercial, formatos especiais (podcasts, chatbot…) e ideias para interação com candidatos e leitores.

O texto final é assinado pelo meu amigo Tatto de Castro que dá aula sobre a questão da apuração em tempo real dos votos. É o grande momento da cobertura. Exige atenção para que o site não sofra falhas na comunicação com os servidores do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para recebimento dos votos e para que se evite um pesadelo: a instabilidade e a queda do site por causa do pico de acessos simultâneos na hora da apuração.

O Tatto detalha todo esse processo. E como material agregado, a ServerDo.in compartilha um checklist das eleições, que tive a oportunidade de editar. Está tudo lá no blog da ServerDo.in:

Prepare seu site para a cobertura e apuração das Eleições 2020

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *