Aposta em colunistas é o grande acerto do NSC Total

NSC Total aposta em colunistas
Padrão

O pessoal da NSC Comunicação valorizou bastante o fato do NSC Total, o portal substituto do clicRBS em Santa Catarina, ter capas regionalizadas e um layout específico para mobile. Mas na minha opinião essas não chegam a ser grandes novidades.

Os projetos que conduzi no Grupo RIC entre 2012 e 2015, como os quatro ND Online regionais e o portal RIC Mais já traziam essas características. Por isso, navegando pelo novo portal, que está muito bem organizado nestes primeiros dias pós-lançamento, não tenho dúvida de que a grande virtude do projeto é trazer para dentro todos os colunistas dos veículos do grupo. E é isso o que merece de fato ser valorizado.

Esta é uma aposta que considero certeira. Uma “mega da virada” para gerar audiência e barulho nas redes sociais. “Sério, Alexandre?”. Sim, é sério. Neste ano, conversando com meu amigo Caco Pereira, do Portal Making Of, comentei com ele justamente isso: quem está na rede social quer interagir, quer comentar, quer mostrar que tem opinião.

Fazer isso em notícias “da Redação” alimenta pouco seu ego, sua vaidade. Diferente de concordar ou discordar (de igual para igual) de um colunista famoso como Cacau Menezes e Moacir Pereira, para citar dois dos mais conhecidos do NSC Total. É mais ou menos como ainda ocorre no rádio, com o ouvinte pedindo para o apresentador mandar um abraço para ele.

E o fato de ter colunistas regionais no NSC Total só reforça essa “proximidade” do público de redes sociais com o veículo. Ou melhor, com o colunista porque a relação do público com o veículo precisa ser personalizada.

Há quem pouco se importe com isso, Mas entre os participantes mais ativos nas redes sociais a grife faz diferença. Por isso, faz sentido ter uma seleção de colunistas (quase 40 no NSC Total), uns mais, outros menos conhecidos, mas todos com informações e opiniões com potencial para gerar acessos e comentários.

Na concorrência da NSC, um bom exemplo da força de uma grife é o trabalho do jornalista Carlos Damião, que mantém um blog dentro do ND Online. Não tenho dados sobre audiência, mas nas redes sociais o conteúdo produzido pela Damião, com forte vínculo com Florianópolis e sempre focado nos assuntos da cidade, gera repercussão e engajamento.

Se este é o futuro dos veículos digitais, com cada vez mais colunas/blogs, difícil dizer. Mas é mais uma tentativa de ao menos tirar algum proveito das redes sociais (do Facebook, especialmente) que tanto se aproveitam do conteúdo alheio…

Sobre o NSC Total: NSC Total, o substituto do clicRBS em Santa Catarina

E para quem quiser ver o tema do ponto de vista filosófico, sugiro o artigo Vivemos o reinado da opinião?, de Luiz Bueno, no Estadão.