Mapa Mental 🤔 #9

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

Sujeito a precipitações no decorrer do período

Semana passada, o áudio com a revolta do funcionário do Seu Armando bombou. E a cena do guardador de carros atravessando uma senhora numa rua alagada no Rio de Janeiro deu o que falar. E quem estava nas redes sociais, nem esperou para molhar o bico: curtiu, comentou, compartilhou e se deixou levar pela ansiedade concordar e opinar sem avaliar a veracidade dos fatos.

No caso do Seu Armando, “aquele arrombado”, as pessoas festejaram a atitude do funcionário de mandar a real para o patrão que cobrou a presença no trabalho mesmo com o temporal alagando ruas de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O povo compartilhou se sentindo representado, liberto de todos os Seus Armandos do mundo.

Já a senhora atravessando a rua auxiliada pelo flanelinha Varlei Rocha Alves recebeu uma enxurrada de críticas por contar uma atitude racista. A senhora branca não teria nem agradecido a ajuda do cidadão negro.

Não foi bem assim…

Depois de pouco mais de um dia, as histórias já eram outras.

1) O áudio do Seu Armando não era de verdade, mas sim uma criação de um canal de humor no YouTube. Divertido, mas fake. “É arte”, defendeu o colunista do UOL, Chico Barney (concordo, apesar do impacto de descobrir que não é de verdade tirar um pouco da graça do negócio).

2) E a história da senhora e do guardador de carros ganhou outro final, diferente do propagado inicialmente (o vídeo que circulou não mostrou todo a cena completa e ninguém viu o seu desfecho). Houve agradecimento, como o próprio Varlei revelou aos sites de notícias. Ou seja, antes de tirar conclusões, neste e em outros casos, melhor buscar mais informações ou aguardar que a história completa seja revelada.

Não se precipite…

Redes na berlinda

O comportamento dos usuários de redes sociais foi destaque também em pesquisa do Datafolha que mostrou uma tendência de queda do Facebook no Brasil. “Segundo levantamento realizado no início deste mês, 56% dos entrevistados disseram ter conta no Facebook. Em novembro de 2017, 61% afirmaram estar na rede social de Mark Zuckerberg. Em 17 meses, a queda é de cinco pontos percentuais”, destaca da Folha de S.Paulo (conteúdo para assinantes).

E também para pensar, analisar e tirar insights, viu a decisão da marca de cosméticos Lush de sair de todas as redes sociais? A crítica que motivou a saída é válida e faz pensar: “Cada vez mais, as redes sociais estão tornando mais difícil para conversarmos entre nós diretamente. Estamos cansados de lutar com algoritmos e não queremos pagar para aparecer em seu feed de notícias”.

Cabe a reflexão:

Quem está no controle do seu conteúdo digital: sua marca ou a rede social?

Pergunta-desafio

Preparado para encerrar suas contas nas redes sociais? Reduzir a presença digital  ao essencial, como escrevi aqui, já é um passo importante.

Aulão da Liliane

Por falar em Facebook, no próximo dia 2 de maio, a consultora Liliane Ferrari estará em Florianópolis para um aulão sobre mídias sociais. Começa às 18h30, no Cool2Work, na ACATE Downtown, na rua Felipe Schmidt, no Centro. Mais informações e inscrições na página do evento.

Aperte o play

O SC Inova, do colega Fabrício Rodrigues, merecedor de todos os elogios e menções pela iniciativa, abriu uma nova frente: o SC Inova Talks, um programa de entrevistas no YouTube para conversar sobre inovação e tecnologia em Santa Catarina.

Assista ao primeiro episódio.

Outra iniciativa em vídeo para acompanhar é o SOS Agência, um reality show comandado pelo consultor Rodrigo Maciel e que pretende ajudar agências de marketing a se reinventarem. É praticamente uma intervenção com Rodrigo acompanhado o dia a dia da agência  durante 30 dias e propondo mudanças até radicais em processos e atitudes para gerar mais receita.

Assista ao primeiro episódio.

Quer que desenhe

Além dos mapas mentais, mantenho também o hábito de desenhar para visualizar ideias, conceitos e tendências. Semana passada propus uma tese de que o rádio pode mais na comparação com as outras mídias tradicionais (TV e, principalmente, jornal).

Ou seja, é o meio que tem recebido mais estímulos (será que percebe?) para ser o mais multiplataforma de todos, podendo se beneficiar dos novos hábitos dos ouvintes em relação ao uso de smartphones e vida 100% conectada.

Frank de volta

Depois de uma passagem pelo Notícias do Dia, meu amigo Frank Maia está publicando suas charges no site Desacato. Todas aqui.

Cantinho do blog

E o UOL continua investindo em sua blogosfera. A contratação da vez é o polêmico colunista de celebridades Léo Dias, ex-O Dia e atualmente no programa Fofocalizando, do SBT.  A chegada do jornalista, que acaba de lançar uma biografia não-autorizada da cantora Anitta, deve engordar a audiência do UOL. E vale a pena continuar acompanhando os investimentos do portal em blogueiros. Quem vai seguir a tendência?

Mapa Mental é a coluna de notas e insights do Primeiro Digital. Sempre às terças, uma nova edição.

Todas as colunas.


Receba as atualizações por e-mail. Saiba como.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *