Os corvos na morte do Louro José

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

Sempre que uma pessoa famosa é encontrada morta em casa, as especulações tomam conta das redes sociais. Parece haver sempre um desejo mórbido de que tenha sido suicídio, que a pessoa estava mal, em depressão. Ou seja, mesmo sem qualquer informação concreta, a turma da internet expande sua área de atuação. Não é só técnico de futebol, juiz e especialista em jornalismo. É também legista…

Com a morte do apresentador Tom Veiga, o Louro José do programa da Ana Maria Braga, ocorrida no domingo (1), aconteceu justamente isso.

Tom foi encontrado morto em casa e a causa da morte só foi divulgada na manhã de segunda (2). O intérprete do divertido e inesquecível Louro José foi vítima de acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico decorrente do rompimento de um vaso (artéria ou veia) dentro do cérebro.

Mas até chegar a informação correta do causa mortis, a morte de Tom Veiga foi alvo de muita especulação e infelizmente não só por parte dos usuários redes sociais, especialmente no Twitter. Também portais de notícias e colunistas vestiram a fantasia de corvo para faturar com a morte do Louro. Ou seja, especularam as causas para chamar atenção e gerar cliques.

Isso explica manchetes como Depressão? Coração? O que pode ter levado Tom Veiga, o Louro José, à morte para texto puramente especulativo do colunista Léo Dias publicada no domingo no portal Metrópole (com seu layout mais poluído que pau de galinheiro, para ficar no mundo das aves, de tantos banners que pulam na tela e prejudicam a leitura – é esse o objetivo?).

Não darei o link, mas Dias, sempre polêmico, nem sempre ético, chega a escrever no primeiro parágrafo que “a coluna procurou saber o que pode ter levado à morteˮ. PROCUROU saber o que PODE ter levado à morte?

Quer dizer, juntou fatos recentes na vida de Tom Veiga, colocou um “segundo relatos de amigosˮ, não teve acesso a nenhum prontuário, nenhuma informação concreta, e temos a provável causa da morte na visão do “legistaˮ Léo Dias.

Como o mau jornalismo tem pressa, ele caçou cliques sozinho.

Vale cada clique?

2 comentários sobre “Os corvos na morte do Louro José

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *