sábado, junho 15, 2024
HomeConteúdo"Deixem meus desenhos em paz", pede chargista após ter trabalho adulterado na...

“Deixem meus desenhos em paz”, pede chargista após ter trabalho adulterado na internet

Meu amigo Frank Maia, jornalista, ilustrador e chargista, compartilhou em seu Facebook uma postagem do também chargista Nani, um dos mais conhecimentos no meio jornalístico, que mostra o tanto de respeito que ainda falta na internet para com o conteúdo alheio.

Alguém simplesmente colocou outras palavras no balão de um dos personagens de uma charge do Nani de 2013, trocando a crítica feita por ele à Justiça por um ataque ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Escreveu o Nani no Facebook, com o título “Que gente é essa?”:

Esta minha charge foi violentada. Mudaram a legenda, é como se estivessem botando palavras na minha boca. Que pessoas são essas que pedem mudança e, antes de consegui-la, cometem um estelionato cultural? Pregam a honestidade usando um ato desonesto que é adulterar uma charge? É para isso que querem mudança? Para arbitrariamente fazer o que quiserem, como violar uma charge? Deixem meus desenhos em paz, vocês não me representam.

Há uma cultura do remix que faz com que conteúdos de origens e criadores diferentes interajam para gerar um terceiro conteúdo. Mas isso o que denunciou o Nani é outra coisa. É perverso, para dizer o mínimo.

E digo isso sem qualquer relação com o conteúdo adulterado. Não há nenhuma questão política nesta abordagem. Assim como sempre questionei e briguei contra o copia e cola também brigo para que haja respeito com o conteúdo, independentemente do formato. O próprio Frank já foi vítima desta prática no ano passado. E fizeram pior: fizeram alteração não deram crédito e ainda cobriram a assinatura dele na charge com o logotipo do site.

A charge original do Nani, conforme publicado no blog dele em maio de 2013.

Charge original publicada por Nani em maio de 2013
Alexandre Gonçalveshttp://www.primeirodigital.com.br/alexandregoncalves
Jornalista, especializado em produção e gestão de conteúdo digital (portais, sites, blogs, e-books, redes sociais e e-mails) e na criação e coordenação de produtos digitais, atuando no Jornalismo Digital e no Marketing de Conteúdo.
RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Vera Lucia Pires Goulart on O suicídio nas redes sociais
Bruno Allemand on O suicídio nas redes sociais
Fábio Célio Ramos on O suicídio nas redes sociais
vivi bevilacqua on O suicídio nas redes sociais
Affonso Estrella on O suicídio nas redes sociais
Luís Meneghim on O suicídio nas redes sociais