Debate sobre fake news não sai das manchetes (e isso é ótimo)

Padrão

Notícias falsas não são novidade e não foram inventadas “pela internet”. Mas vamos combinar que os usuários de redes sociais tornaram a prática muito mais comum e agressiva. E por isso, é muito bom ver o assunto estar frequentemente nas manchetes e ser tema de debates como o que acontece nesta quinta-feira, dia 24, na sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina.

Continue lendo

Confirmado: Novo site de notícias de Florianópolis estreia dia 20

Padrão

Está confirmada para esta terça-feira, dia 20 de março, a estreia oficial do site OCP News Florianópolis, focado em notícias da Capital catarinense e região metropolitana, como o Primeiro Digital havia antecipado em post publicado em fevereiro.  O novo site faz parte da rede OCP News, braço digital do jornal O Correio do Povo, o mais antigo em atividade em Santa Catarina, com sede em Jaraguá do Sul.

Continue lendo

O clicRBS ainda existe e em Santa Catarina agora tem novo nome

Padrão

ATUALIZADO: O clicRBS virou NSC Total em Santa Catarina. Veja aqui e aqui.

[post original]

O Portal Making Of publicou nota nesta quarta-feira (6) informando que o logo do portal clicRBS mudou na versão para Santa Catarina por causa da venda dos veículos da RBS em Santa Catarina para o grupo que desde o dia 15 de agosto é oficialmente chamado de NSC Comunicação. A mudança no logo é lógica: saiu o RBS e ficou só o “clic”.

A surpresa maior talvez seja a própria menção ao portal. Por n motivos, o clicRBS foi sendo enxugado e perdendo sua razão de existir por causa dos movimentos principalmente dos jornais do grupo RBS (Zero Hora e Diário Catarinense). Era uma estrutura independente, ao mesmo em que era guarda-chuva digital dos demais veículos. Por isso, a expectativa é que, a partir desta mudança visual, o portal renasça, volta a ser referência.

Continue lendo

Meu Voto Vale acompanha trabalho de vereadores de Blumenau

Padrão

Os jornalistas Alexandre Gonçalves e Fabrício Theophilo, criadores do portal hiperlocal Informe Blumenau, colocaram no ar um novo projeto: o Meu Voto Vale. Trata-se de um site paralelo, independente, que permite que os moradores da cidade catarinense acompanhem de perto o trabalho dos seus vereadores. O objetivo é contribuir com a sociedade, aproximando os moradores das discussões políticas da cidade.

Continue lendo

Quem ganha quando uma TV abre mão do local

Padrão

O Jornal do Almoço, principal telejornal da (ainda) RBS TV em Santa Catarina, mudou de formato a partir do dia 23. As edições locais nas praças foram substituídas por uma edição estadual, ancorada desde Florianópolis. Nas emissoras de Blumenau, Joinville, Chapecó e Criciúma agora tem somente um bloco local e os âncoras entram na edição estadual de acordo com a relevância da pauta.

Continue lendo

Dia histórico em Brusque com cobertura hiperlocal

Padrão

Hoje é um dia histórico para a cidade de Brusque, em Santa Catarina. O time da cidade, que tem o mesmo nome, enfrenta o Corinthians pela segunda fase da Copa do Brasil. Foi a primeira vez que o Bruscão, como a torcida chama o time, conseguiu passar de fase. E ainda vai enfrentar o time de maior mídia do país. Por causa disso o jogo está mexendo com todos e mobilizando a mídia local, em especial a equipe do jornal Município Dia a Dia, um dos principais veículos da cidade.

Continue lendo

Novidade em Florianópolis: Farol valoriza reportagem, dados públicos e transparência

Padrão

Em 2000, tive a oportunidade de comandar um projeto do qual me orgulho muito, apesar da curta duração. Era uma revista mensal e com foco em reportagens que ajudassem jovens empreendedores na difícil missão de nascer e prosperar. Lúcio Lambranho era parte da equipe que montei. Já o conhecia da época da faculdade e dos trabalhos que ele havia feito em jornais de Florianópolis. Mesmo que tenha durado pouco, neste primeiro trabalho, pude começar a conhecer o repórter Lúcio Lambranho, que mais tarde fez carreira na cobertura política em Brasília, mexeu com o “status quo” da Capital federal, ganhou prêmios importantes e, por fim, ao retornar para Florianópolis, fez a diferença e ajudou a semear a paixão pela reportagem em boa parte da equipe do jornal Notícias do Dia. Fico feliz de ter participado deste processo que trouxe o Lúcio de volta para casa e que agora ele esteja colocando em prática seu desejo antigo de ter seu próprio site de reportagens. Quem acompanha o trabalho dele vê a qualidade das reportagens, o rigor da apuração, a coragem de questionar quem quer que seja, o enfoque com objetivo de fazer a diferença e contribuir para a mudança. Era assim lá em 2000 e continua sendo agora em 2016. São as marcas do trabalho do Lúcio que certamente estarão aqui neste Farol. Bem-vindo, Farol e, nunca é demais repetir, viva a reportagem!

Este é o texto que escrevi para saudar a chegada do Farol, site de reportagens da Grande Florianópolis, com foco em dados públicos e transparência e que é uma iniciativa do meu amigo Lúcio Lambranho. Farol estreia nesta quarta-feira, dia 22.

Continue lendo

Comunidades locais brasileiras vivem vácuo informativo, por Evandro de Assis

Padrão

Jornais, rádios e TVs locais enfrentam o derretimento das receitas com publicidade (drama estrutural agravado pela recessão econômica nacional) e têm menor margem para cortar custos sem reduzir seu jornalismo. Do outro lado, no mundo digital veículos locais reúnem audiências de baixa escala, com baixo potencial de monetização, via publicidade ou cobrança pelo conteúdo. Na prática, as empresas diminuem drasticamente de tamanho afetando qualidade e abrangência da cobertura jornalística – quando não fecham as portas. É iminente a possibilidade de cidades médias importantes não contarem com o trabalho regular de um jornal diário – ou de redação com ao menos uma dúzia de jornalistas para observar e discutir o cotidiano.

No momento em que “crise” virou lugar comum no Brasil, e que a observação e crítica do jornalismo debruça-se sobre temas nacionais urgentes, a imprensa local declina silenciosamente e o vácuo de informação que fica nem de longe é compensado pelas ainda incipientes iniciativas nativas digitais. (…)

Há um jornalismo novo a ser construído para se reverter o crescimento do vácuo informativo em âmbito local. Provavelmente mais complexo, imerso em mais e maiores dilemas éticos e, pelo menos até agora, sem garantia de viabilidade econômica. Se os jornalistas não se ocuparem dele, alguém o fará.

Leia o artigo completo do jornalista, doutorando e pesquisador Evandro de Assis no site do ObjEthos.