Cutucadas na disputa entre NSC Total e ND+

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

No episódio 10 do podcast agente POD, sobre novidades no Jornalismo Digital em Santa Catarina, comentei e toquei o áudio do vídeo promocional lançado pelo Grupo ND por ocasião do lançamento do novo layout do portal ND+.

Destaquei a intizicada, como se diz aqui em Florianópolis, no seu principal concorrente, o NSC Total, do Grupo NSC. O alvo era o conteúdo fechado para assinantes e o limite no número de notícias com acesso gratuito – o ND+ tem acesso liberado e sem limitações, diferente do NSC Total.


Ouça aqui.


Nessa disputa, o NSC Total deu a resposta indiretamente à provocação do ND+. Em texto publicado no último dia 13, o portal destaca que atingiu uma marca histórica de acessos no primeiro semestre de 2020:

“O NSC Total encerra o 1º semestre de 2020 superando a barreira dos 120 milhões de visualizações de página (pageviews), um crescimento de 72% em relação ao 2º semestre de 2019. Em junho, o portal registrou aumento de 5% no tráfego, e manteve a liderança disparada no ranking de veículos em Santa Catarina, com 66% de vantagem sobre o 2º colocado. Os números são do Instituto Verificador de Comunicação (IVC).”

O texto também destaca números por região – o que soa também como cutucada no ND+ já que regionalismo sempre foi um das marcas do jornalismo dos veículos do Grupo ND (ex-RIC).

Mas ficou para as aspas do gerente de conteúdo digital da NSC, Fabrício Vitorino, a maior provocação ao concorrente. Diz ele que:

“Nossos números são auditados e certificados pelo IVC. Muitos veículos usam métricas duvidosas, passíveis de manipulação. O mercado precisa tomar cuidado com plataformas cujos números não são aferidos. Elas são um perigo ao anunciante, ao leitor e prejudicam o jornalismo”.

Ótimo que uma entidade como o IVC, que sempre foi referência no meio impresso, mantenha-se relevante também no meio digital. Mas há um certo exagero na declaração porque os dados do Google Analytics são usados e aceitos normalmente pela maior parte das agências e há até uma facilidade para que o acompanhamento da audiência seja feito diretamente na plataforma.

ADENDO PÓS-PUBLICAÇÃO – Sobre o parágrafo acima, até para não ficar qualquer tipo de dúvida: não estou desmerecendo nem desqualificado o selo do IVC. A auditoria de dados de audiência é importante. Trabalhei muitos anos na mídia impressa para saber disso e entender a diferença entre a tiragem (auditada pelo IVC) e a mentiragem (aquela dos mídia kit de alguns veículos).

De qualquer forma, tem sido interessante acompanhar a disputa entre os dois portais, vinculados aos dois principais grupos de comunicação de Santa Catarina, NSC (afiliado à Rede Globo) e ND (afiliado à Rede Record). E nessa “guerra digital”, cada um tem feito suas apostas editoriais para atrair os leitores, tomando como base o semestre assombrado pelo coronavírus.

O NSC Total, por exemplo, tem hoje dois dos melhores comentaristas do estado, Dagmara Spautz e Anderson Silva. Ambos têm sido exemplares e precisos na cobertura da pandemia do coronavírus em Santa Catarina. Tanto a Dagmara quanto o Anderson caracterizam seus textos no portal e suas participações na TV e no rádio também pela opinião embasada em informação, o que torna mais clara a compreensão do que está sendo dito.

O ND+, por sua vez, aposta nos veteranos da comunicação catarinense, com os ex-NSC Moacir Pereira e Cacau Menezes, além do maior espaço para Paulo Alceu, comentarista da casa há muitos anos. E também em um posicionamento muito próximo da Rede Record em relação à Covid-19 e ao comportamento do governo federal no combate à pandemia.

Disputa mês a mês

Pelo SimularWeb é possível ver como anda a briga pela audiência mês a mês em termos de número de visitas.

Veja os números de janeiro a junho de 2020:

Mês
Janeiro 5.150.000 3.950.000
Fevereiro 5.600.000 4.200.000
Março 8.500.000 4.800.000
Abril 8.950.000 3.800.000
Maio 5.800.000 3.400.000
Junho 5.000.000 2.950.000

Fonte: SimilarWeb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *