Pesquisa quer traçar perfil do jornalista que trabalha com marketing digital

Padrão

O Laboratório de Sociologia do Trabalho da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), responsável pela pesquisa Perfil do Jornalista Brasileiro, está colhendo dados para conhecer o perfil dos jornalistas que trabalham com marketing digital. “Queremos traçar as características do jornalista brasileiro com atuação no marketing digital em agências digitais e organizações em geral (órgãos públicos, empresas, instituições)”, diz o jornalista, professor e pesquisador Aldo Schmitz, responsável pela pesquisa.

O levantamento está vinculado ao doutorado de Aldo em Sociologia Política e os resultados serão utilizados como base para a próxima etapa da pesquisa sobre o perfil profissional dos jornalistas. “A minha hipótese é que inicialmente os jornalistas saíram das redações e foram para as assessorias de imprensa, depois assessorias de comunicação e agora está ocorrendo uma debandada para o marketing”, diz.

Como tenho trabalhando bastante com marketing digital (com produção e gestão de conteúdo para blogs, sites, e-books e redes sociais), acredito que a pesquisa chega em boa hora. Há colegas chegando e muitos mostrando interesse na área. E é um mercado que pode ser tornar importante para jornalistas – tem sido para mim desde que abri minha empresa – agenteinforma – em 2010.

Participe da pesquisa

Os dados da pesquisa do Aldo podem indicar alguns caminhos até como forma de valorizar o trabalho de profissionais com formação em jornalismo. Não é a mesma dinâmica nem do trabalho em redações nem do trabalho em assessorias. Existem características específicas dentro e fora de “campo”. Ou seja, há diferenças tanto na produção do conteúdo quanto na relação de trabalho onde predomina alcançar resultados com menor custo possível.

Já respondi as perguntas e fica o convite para você, que é jornalista e trabalha com marketing digital, participe também. É só responder ao questionário elaborado pelo Aldo.

Questionário “Jornalista no Marketing Digital”

 

Você tem alguma informação ou comentário para acrescentar a este conteúdo?