Capa dura, miolo mole: colabore com o livro do chargista Frank Maia

Padrão

Meu amigo Frank Maia está com uma campanha de financiamento coletivo no Catarse para a publicação de seu primeiro livro, batizado de Capa dura, miolo mole.  A publicação terá uma tiragem de 500 exemplares e trará um apanhado do trabalho do Frank como chargista, cartunista e ilustrador.

E estou convidando os leitores do Primeiro Digital para que participem da campanha não apenas pela amizade de mais de 20 anos que tenho com o Frank. Ele ilustrou minhas primeiras reportagens ainda quando eu estudante de jornalismo na UFSC e foi meu colega de redação na revista Empreendedor, meu primeiro emprego.

screenshot_6Mas faço também porque sou fã do trabalho do Frank. O traço e o humor afiado fazem dele um dos grandes chargistas do país. Trabalhou por muitos anos no jornal A Notícia, de Joinville, e mais recentemente assumiu o espaço de charge no Notícias do Dia, de Florianópolis.

E a campanha para a publicação do livro merece a menção aqui neste espaço para “assuntos online” porque o Frank sempre soube explorar muito bem a internet. Nas duas pontas: na produção e na divulgação do trabalho. Quando editava meu blog Coluna Extra criei até uma seção “Charges do Frank” para reunir as pérolas diárias que ele produzia na época do AN.

Com frequência as criações do Frank aparecem em destaque no A Charge OnLine, canal que é referência do pessoal do traço, além de ser citado por colunistas como José Simão na Folha de S.Paulo, na BandNews FM e nas redes sociais.

Sem contar as inúmeras vezes em que charges do Frank circularam pela internet sem lenço, sem documento e sem o crédito merecido. E não duvido que alguns de vocês já tenha recebido ou visto em algum site ou página de rede social a charge dAs Veia se virando com o código de barras para pagar um conta no banco.

as veia codigo de barra

Por tudo isso, recomendo o trabalho do Frank e também reforço o convite para que você entre na página da campanha e escolha uma das opções de contribuição para a publicação do livro que tem edição de Isadora Cardoso e Maurício Oliveira.

Acesse e apoio o projeto: Capa dura, miolo mole – O livro do Frank

livro-fechado