E-book analisa inovação no jornalismo na América Latina

Padrão

O Knight Center For Journalism in the Americas lançou a versão em português do e-book “Jornalismo Inovador na América Latina”.  A publicação, disponível para download gratuito, é uma compilação de artigos publicados no blog da fundação na série com o mesmo nome entre dezembro de 2016 e abril de 2017. O livro traz também guias com dicas práticas para quem atua no jornalismo online.

Continue lendo

Baixe grátis o e-book “Comunicação digital na era da participação”

Padrão

Foi lançado nesta sexta-feira o e-book Comunicação digital na era da participação, coordenado pela jornalista e pesquisadora Pollyana Ferrari. Entre os temas abordados estão jornalismo de dados, curadoria digital, empreendedorismo, financiamento coletivo, entre outros. Veja o índice.

comunicação digital

Sobre a licença Creative Commons, Comunicação digital na era da participação está disponível para download gratuito.

E-book de @rgandour destaca novo ambiente jornalístico

Padrão

O jornalista Ricardo Gandour, que acaba de trocar o Estadão, onde ficou por dez anos como diretor de conteúdo, para assumir a direção executiva da rede CBN, está lançando o e-book Um novo ecossistema informativo: Como a fragmentação digital está moldando a forma pela qual produzidos e consumimos notícias. A publicação é do Knight Center for Journalism in the Americas e tem como base os estudos realizados por Gandour no período em que ele ficou na Universidade de Columbia, em Nova York, quando ouviu jornalistas e especialistas em mídia digital para traçar o panorama sobre o momento pelo qual passa o jornalismo.

Reproduzo a seguir o resumo executivo do e-book, distribuído gratuitamente pelo Knight Center.

Continue lendo

E-book gratuito destaca tendências em comunicação digital

Padrão

Recado de Stefanie Carlan Da Silveira no grupo Orbital Mídia no Facebook:

Pessoal, o COM+ (grupo de pesquisa em Comunicação Digital da ECA USP) do qual faço parte, lançou na última semana o e-book Tendências em Comunicação Digital. Falamos sobre sete assuntos interessantes que acredito que vocês podem aproveitar. Eu estou lá falando sobre modelos de negócio em jornalismo digital. O download é gratuito.

Livros apresentam duas faces do jornalismo que prospera na internet, por @mauriciostycer

Link

O jornalista Maurício Stycer publicou em seu blog no UOL post destacando o lançamento dos livros “58 Listas – 33 úteis & 25 nem tão úteis assim” (Paralela, 192 págs., R$ 29,90) e  “Sensacionalista – isento de verdade” (Belas Letras, 192 págs., R$ 29,90), que tem em comum o fato de terem como origem dois sites de sucesso: o BuzzFeed e o Sensacionalista, respectivamente.

Escreve Stycer:

O jornalismo, nas últimas duas décadas, está vivendo a transição (dolorosa, diga-se) do impresso para a internet. Dois livros recém-lançados buscam mostrar, para quem ainda não conhece, duas experiências que encontraram na rede digital o espaço perfeito para florescer.

(…)

Os livros do BuzzFeed e do Sensacionalista funcionam como uma espécie de convite a leitores que ainda não os conhecem ou não abraçaram a internet. Será que existem? O site de humor não deixa de fazer piada na própria capa com este aparente paradoxo: “Pagar por livro que está na internet é sinal de genialidade, dizem especialistas”.

Leia o post completo no blog do Maurício Stycer.

E-book “Jornalismo sem manchete” analisa novos formatos de texto e de leitura

Padrão

A jornalista Luciana Moherdaui, uma das participantes da segunda edição da série Grandes Temas para Discussão sobre Jornalismo Digital, está lançando “Jornalismo Sem Manchete – A implosão da página estática” (Editora Senac). A versão e-book já está à venda nas lojas da Apple Store e da Kobo Store. Em sua página na internet, Luciana disponibilizou para leitura o prefácio do livro, assinado por Giselle Beiguelman, pesquisadora na área de preservação da arte digital, do patrimônio imaterial e do design de interface.

Da cultura da página à cultura dos dados

jornalismosemmancheteO livro de Luciana Moherdaui, Jornalismo sem manchete: a implosão da página estática, é muito mais do que uma discussão sobre o impacto da internet nos modos de produzir notícias. É, acima de tudo, uma longa e rigorosa pesquisa sobre os novos formatos de textos e de leitura que emergem com as redes, especialmente após a explosão das chamadas redes sociais, como Facebook, Twitter, etc. Em uma frase, é um mapeamento do terreno e de seus abalos sísmicos, contemplando, de dentro do terremoto, momentos marcantes da transformação da cultura da página em cultura dos dados.

Não se trata de um manual de redação para contextos on‑line nem de um livro de ajuda para “sobreviver” ao processo – irreversível – de digitalização da cultura. Fruto de um doutorado em comunicação e semiótica na PUC/SP, que contou com o apoio do UOL Bolsa Pesquisa, a obra de Luciana coloca frente a frente as estratégias de busca de conteúdo noticioso e de construção de sentindo narrativo dos leitores com a capacidade das empresas tradicionais de jornalismo em absorvê‑las.

Leia o prefácio completo.

Livro conta a história do jornalismo digital nos países ibero-americanos

Padrão

O professor Ramón Salaverria está à frente do livro “Ciberperiodismo en Iberoamérica” (em espanhol), que traz um estudo detalhado sobre a história do jornalismo digital nos países ibero-americanos entre 1995 e 2014. “Para muitos desses países, esta obra supõe ser o primeiro estudo detalhado sobre ciberjornalismo em seus respectivos mercados nacionais”, escreve Salaverria. “Mas o valor histórico do livro aumenta por outro motivo: os capítulos respeitam uma estrutura comum, o que facilita para uma análise comparativa”.

Para isso, os 22 capítulos sobre cada um dos países se dividem em quatro partes:

1) Contexto tecnológico;

2) Historia do jornalismo digital no país;

3) Perfil profissional, formação e marco legal; e

4) Futuro.

“Ciberperiodismo en Iberoamérica” está disponível para download gratuito.

Saiba mais sobre o livro no site do professor Ramón Salaverria.

ciberperiodismo_en_iberoamerica-600x803

Retrospectiva fora da caixa

Padrão

Notícias do Dia, jornal do Grupo RIC em Florianópolis, disponibilizou hoje – para leitura gratuita – e-book que traz uma seleção de 11 reportagens publicadas ao longo de 2015. Em “Histórias (re)contadas”, o ND conta um pedaço do que foi o ano a partir do que foi destaque em suas páginas. Trabalho diferenciado, visualmente impecável, bonito de se ver e ler e que poderia até ter sido explorado comercialmente também – ou menos como uma peça de marketing do próprio jornal. De qualquer forma, sempre bom ver um clichê do jornalismo, como é a retrospectiva de fim de ano, ser pensada fora da caixa. E que nos próximos, quem sabe até explorando algumas das técnicas que estão sendo usadas no marketing digital na publicação e distribuição de e-books, o ND não tenha formatado um nicho para render muitos frutos.

Saiba mais sobre “Histórias (re)contadas” e também leia o e-book no site do ND.

28-12-2015-20-36-58-capa-ebook-copy