agente POD | Ep. 009 – Jornalismo investigativo e O uso de dados no Jornalismo

Padrão

O assunto deste episódio do agente POD é Jornalismo investigativo e o uso de dados no jornalismo. Você ouve os melhores momentos da conversa com o jornalista Fábio Bispo, transmitida no último dia 11 de junho no Instagram do Primeiro Digital (@primeirodigital).

Bispo é co-autor da reportagem do ano em Santa Catarina sobre a compra fraudulenta de respiradores para tratamento de pacientes da Covid-19, publicada no The Intercept Brasil (leia aqui).

Produzida em parceria com o colega Hyury Potter, a reportagem  deflagrou ações do Ministério Público, motivou abertura de CPI na Assembleia Legislativa e resultou inclusive na prisão do ex-secretário da Casa Civil (e o assunto continua rendendo em mais uma reportagem da dupla publicada nessa semana no The Intercept Brasil).

Mas além do jornalismo investigativo, Bispo também tem atuado no jornalismo de dados. Ele está à frente da coleta e atualização dos números sobre a Covid-19 em Santa Catarina, em projeto desenvolvido via CatarinaLab para o portal ND+, como destacando em post do Primeiro Digital.

Bispo teve uma longa carreira no jornal Notícias do Dia, sempre focado em reportagens investigativas de grande repercussão (a série sobre o Esquema 138, que mostrou falcatruas no serviço de táxi em Florianópolis é um exemplo). Após a saída do ND, ele passou a produzir reportagens para diversos veículos como Estadão e The Intercept Brasil.

Ouça no Spotify.

Disponível nos tocadores Anchor.fm, Spotify, Google Podcasts, Breaker e Radio Public.

Veículos se unem para coletar e divulgar dados sobre a Covid-19

veículos parceria dados covid-19
Padrão

As reações para a tentativa do Palácio do Planalto e do ministério da saúde de esconderem dados sobre a Covid-19 ganham um novo reforço: Folha de S.Paulo, UOL, O Globo, G1, Extra e O Estado de S.Paulo firmaram uma parceria e vão juntos coletar e dar publicidade para os números de infectados e mortos em decorrência do coronavírus em todo o Brasil.

Continue lendo

Informação é vida: A importância dos dados sobre a Covid-19

Padrão

A divulgação de dados sobre a Covid-19 tem grande importância do ponto de vista da gestão de uma das maiores tragédias sanitárias da humanidade. É o que deveria em tese nortear as ações de prevenção (como número de leitos e UTIs) e de combate ao novo coronavírus (impor quarentena, apertar o isolamento, conter a aglomeração de pessoas).

Na prática, também é um argumento poderoso para meter “cagaço” nos parentes e amigos que estão se coçando para retomar a vida “normal”. Se a curva ainda não está em queda, está longe disso aliás, a ordem é ficar em casa.

Mas não é assim que pensam (se que é pensam) o Palácio do Planalto e os militares não-médicos que ocupam o ministério da Saúde.

Continue lendo

Mapa Mental 🤔 #22 | “Não há bala de prata no jornalismo digital”; e mais

Padrão

Nesta edição:

– “Não há bala de prata no jornalismo digital”
– Curso gratuito sobre jornalismo de dados
– O que saber sobre Podcasts
– 10 tendências de SEO para 2019
– A nova rede social do Google
– Influencer paga em dobro
– Apoie a Lagartixa Diária

Continue lendo

Farol Reportagem encerra publicações em junho

Padrão

Caros assinantes do Farol Reportagem,

O site vai deixar de produzir e publicar reportagens a partir de junho. Depois de quase dois anos de muita luta e resistência no Jornalismo em Santa Catarina, chegou a hora de agradecer imensamente a confiança e o apoio de todos, especialmente de vocês assinantes do Farol. Este apoio ajudou até agora a manter uma proposta de Jornalismo independente e comprometida com o interesse público, transparência dos poderes e Direitos Humanos. Muito obrigado! Viva a Reportagem!

O sábado começou com esta mensagem do meu amigo Lúcio Lambranho chegando por e-mail.

Continue lendo

Jornalismo de dados: Reportagem revela gastos com diárias de deputados catarinenses

Padrão

O jornalista Hyuri Potter, do Diário Catarinense, assina na edição desta terça-feira (9), reportagem especial baseada em dados que mostra que os 40 deputados estaduais de Santa Catarina e 2 mil servidores da Assembleia Legislativa gastaram mais do que a Câmara e o Senado juntos em 2016. O trabalho é de fôlego e um dos mais completos em termos de jornalismo de dados já feito na imprensa catarinense. E rendeu um especial no site do DC onde os dados são detalhados e todo o processo de coleta devidamente explicado.

Continue lendo

Evento para jornalistas marca lançamento do Instituto Catarinense de Direito Digital

Padrão

No próximo dia 4 de agosto, acontece em Florianópolis o 1º Meetup de Direito Digital e Comunicação, evento que marca o lançamento do Instituto Catarinense de Direito Digital. O ICDDigital, presidido pelo advogado José Vitor Lopes, especialista em direito digital (que já marcou presença aqui no blog), nasce com o objetivo de compartilhar conhecimento e boas práticas na internet. O Primeiro Digital apoia a iniciativa e será canal para a divulgação dos eventos do instituto, além de contribuir para temas de palestras e outras ações.

O evento do dia 4 é gratuito será voltado para jornalistas. As vagas são limitadas e podem ser feitas no endereço http://bit.ly/ICDDmeetup (restam poucas vagas!).

Junto com a apresentação do ICDDigital, serão realizadas duas palestras:

Boas práticas no Jornalismo Digital, com José Vitor Lopes
– Investigação, fontes na era digital nas Eleições
– Como mitigar conflitos em matérias de alto impacto
– Bloqueio de Aplicações e o Marco Civil: Whatsapp e a Justiça Brasileira.

Panorama Legal – Internet, Sociedade e Direito, com Guilherme Trilha Philippi
– Marco Civil da Internet e Regulamento
– CPI dos crimes cibernéticos e projetos de lei
– Riscos à Privacidade

Serviço

1º Meetup de Direito Digital e Comunicação
4 de agosto, 19h30
Auditório do Centro Executivo Imperatriz, na Liberato Bittencourt 1885, Estreito.
(48) 3364-3528
contato@icddigital.com.br
Siga no Facebook: www.fb.com/icddigital

Primeira conferência brasileira de jornalismo de dados acontece neste sábado

Padrão

Neste sábado, dia 21, além do evento dedicado ao empreendedorismo no jornalismo, promovido pela ONA, acontece também a #CODA-BR – 1ª Conferência Brasileira de Jornalismo de Dados.

Promovida pela Escola de Dados, a CODA-BR terá uma programação que inclui painéis e workshops sobre temas relacionados ao uso de dados no jornalismo em todas as as suas etapas – da coleta à visualização.

O evento começa às 8h30min e será realizado na sede do NIC.Br, em São Paulo, na Avenida das Nações Unidas, 11541, 7º andar. As inscrições são gratuitas, mas limitadas a 120 participantes. Faça sua inscrição.

A programação completa está no site www.coda.escoladedados.org.

Conferência jornalismo de dados

Como o BuzzFeed usou dados para produzir a reportagem sobre o escândalo das apostas no tênis

Link

Em um post cheio de graça, o repórter John Templon conta como foi o desafio de reunir os dados que fundamentaram as reportagens que revelaram o escândalo das apostas no circuito mundial de tênis e que sacudiu o mundo dos esportes neste semana.

Leia o post completo no BuzzFeed.

anigif_optimized-25192-1452885212-4

Gráfico mostra música mais ouvida pelos fãs de David Bowie após a morte do cantor

Padrão

O New York Times transformou em gráfico dados gerados pelo Spotify que mostram quais as músicas de David Bowie foram as mais ouvidas desde que a morte do cantor britânico foi anunciada na manhã de segunda-feira (11). De acordo com o levantamento, a execução de músicas de Bowie no serviço de streaming cresceu em popularidade 27 vezes mais que o usual. “Heroes” é até aqui a mais ouvida.

Clique na imagem para ver o gráfico completo.

david_bowie

A reportagem do NYT faz uma observação interessante ao comparar a morte de Bowie com as de outros ídolos como Fred Mercury, do Queen, e Kurt Cobain, do Nirvana. Lembra que na época em que Mercury e Cobain morreram era difícil quantificar qual a música mais ouvida, como foi feito no caso de Bowie, e que o dado que talvez pudesse dar uma dimensão do “luto” dos fãs seria a venda de discos.

Assista ao clipe de “Heroes”

Leia a análise completa dos dados no site do NYT.

Abertas as inscrições para curso online gratuito sobre técnicas do jornalismo de dados

Padrão

Do Knight Center:

Apresentar as principais técnicas e ferramentas utilizadas no jornalismo de dados é o foco do mais novo curso online massivo e aberto (MOOC por suas iniciais em inglês) da Associação Nacional de Jornais (ANJ) e do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, com o apoio do Google. O curso “Técnicas Básicas do Jornalismo de Dados” será oferecido em português, dos dias 3 de agosto a 6 de setembro.

Seguindo a metodologia do data pipeline, os alunos vão examinar as técnicas presentes em cada etapa do fluxo de trabalho com dados – busca, raspagem, limpeza, análise e visualização –  e aplicadas em projetos publicados por grandes redações do mundo. Ao final do curso, os participantes terão as habilidades necessárias para trabalhar com bases de dados, extrair delas análises e produzir tabelas, gráficos, mapas e diagramas usando uma variedade de softwares, ferramentas web e scripts básicos de programação.

O curso gratuito em português terá duração de cinco semanas e será ministrado pelos coordenadores da Escola de Dados, Marco Túlio Pires e Natália Mazotte, e pela repórter investigativa do jornal Houston Chronicle Lise Olsen. Os três instrutores já lideraram diversos treinamentos em jornalismo de dados no Brasil e em outros países.

Para conhecer o programa do curso e se inscrever, acesse o endereço journalismcourses.org/TBJD0815.html.

Saiba mais sobre o curso.

Folha de S. Paulo cria editoria de Audiência e Dados

Link

A editoria de Audiência e Dados tem como objetivo fomentar a audiência, centralizar métricas e incentivar seu uso por toda a redação, além de cuidar das mídias sociais e da interlocução com os leitores, e de auxiliar a redação nos trabalhos com dados.

Leia o conteúdo completo no Portal dos Jornalistas.