Chega de financiar quem produz e espalha fake news

Padrão

O que não falta na internet é site e blog criados exclusivamente com o objetivo de gerar lucro com anúncios tipo os do Google AdSense e de programas de afiliados. Não é uma prática nova, mas é também o que está na base financeira da maioria dos canais que produzem e compartilham fake news no Brasil e no mundo.

Como geralmente os anúncios são veiculados de modo automático, conforme configuração do proprietário ou da agência que compra parte do inventário de audiência, é sempre uma tarefa complicada barra esse tipo de ação. Mas é possível, como prova um movimento que atua para contatar anunciantes sobre a presença das marcas em sites e blogs de notícias falsas. E os resultados da ação já são vistos aqui no Brasil.

Continue lendo