Mais rifa da fazendinha, menos editoria #VergonhaSC

Padrão


Por ALEXANDRE GONÇALVES

O noticiário não tem sido muito animador nos últimos anos para os brasileiros de um modo geral. Mas tem sido especialmente triste para boa parte dos catarinenses, entre os quais em incluo como florianopolitano. Não é fácil acompanhar as redes sociais…

São notícias absurdas que mancham o nome do estado até mundialmente, como no caso do nazista que colocou uma suástica no fundo da piscina, além das atitudes fascistas de políticos e apoiadores do atual presidente.

É triste. É vergonhoso. Sorte poder filtrar a lista de amigos da rede social e estar dentro de uma bolha que preza pelo bom senso e pela civilidade. Ainda mais que a “editoria” #VergonhaSC, hashtag que uso no Twitter para marcar as piores notícias de Santa Catarina, não para de ser atualizada.

Mas nessa semana, finalmente, depois de muito tempo, trocamos a vergonha pelo respiro com o episódio da “rifa da fazendinha”, promovida pela Escola Básica Municipal Bairro Bortolotto, de Nova Veneza, no Sul de Santa Catarinense.

Começou com um vídeo divertido dos vereadores do município e está em mais de 20 mil bilhetes vendidos para pessoas do Brasil e do exterior, segundo informação do G1.

O montante vendido é maior que o total de habitantes do município (cerca de 15 mil!). Ou seja, o vídeo viralizou pelas gargalhadas dos vereadores e pela inusitada lista de prêmios (porcos, torresmos e galinha-choca).

E a resposta veio da melhor maneira possível: em forma de apoio e solidariedade com os alunos da escola, que poderão ter acesso a novos equipamentos e melhores condições de estudo. Foi um jeito de dizer obrigado pelo momento de alívio…

Comprei 10 bilhetes e estou pensando em comprar mais só para manter a “rifa da fazendinha” em alta, em loop nas redes sociais ou pelo menos no meu radar, nem que seja para viver a ilusão de aposentar a “editoria” #VergonhaSC.


P.S.: Enquanto escrevia o post, a professora Ana Laura, que está vendendo os bilhetes pelo Twitter, enviou meus números na rifa e já passou dos 23 mil. O sorteio acontece dia 20 de setembro e o bilhete custa R$ 2,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *