Uma conversa sobre marketing de conteúdo: estratégias, boas práticas e tendências

Padrão


Por ALEXANDRE GONÇALVES

Depois da conversa sobre SEO com os colegas da ACI, nesta terça-feira (20) participei como mediador de uma conversa sobre marketing de conteúdo. Promovido pela Vocali, agência aqui de Florianópolis da qual sou colaborador, o webinar Marketing de Conteúdo: Boas práticas e Tendências contou com a participação da jornalista Rachel Sardinha, diretora da Vocali, e do jornalista Bruno Volpato, editor do portal Resultados Digitais da RD Station.

Obviamente sou suspeito para falar, mas o papo rendeu uma hora de troca de muita experiência e conhecimento sobre diferentes aspectos relacionados à produção de conteúdo para empresas – do planejamento à distribuição, passando pela educação dos gestores sobre o que fazer e o que não fazer.

Para começar, lembrei que marketing de conteúdo não é novidade nem nasceu com a internet. Quem lembra do Almanaque Sadol e das receitas no verso do rótulo da lata de Leite Moça? E a internet veio para potencializar as oportunidades e democratizar o acesso ao que já se fazia no impresso e nas mídias eletrônicas como alternativa para a publicidade tradicional.

Nesse contexto e com foco na mídia digital e suas plataformas, falamos muito sobre a visão estratégica que as marcas devem ter das ações de marketing de conteúdo: o que fazer, como lidar, o que esperar, como gerenciar a ansiedade, quais compromissos deve ser assumidos, como escolher canais, formatos…

E um dos pontos que gostei muito de abordar com a Rachel e o Bruno foi a questão da flexibilidade do conteúdo. Sempre adequando ao perfil da empresa e do público-alvo, dá para fugir de fórmulas prontas e da repetição de ideias e ir além de um conteúdo excessivamente técnico ou cumpridor de tabela.

O Bruno fez isso em mais de uma ocasião no blog da RD, como lembrou a colega Sicília Vechi num feedback muito gentil sobre o webinar, usando elementos da cultura pop, por exemplo, para tratar de temas quase sempre maçantes de marketing e vendas. O conteúdo não está mais disponível, mas é mais ou menos como fiz nesse post aqui do Primeiro Digital.

Falamos para empresas, mas também tratamos da presença de jornalistas como produtores no marketing de conteúdo, tema de da microssérie Migrei, publicada aqui do blog onde entrevistei o Bruno e outros colegas sobre a mudança de área.

Para conferir a íntegra do webinar acesse o site da Vocali: www.vocali.com.br/mktconteudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *