O melhor na cobertura da pandemia

Padrão

Abri no Instagram do Primeiro Digital um template para saber o melhor na cobertura da pandemia no jornalismo online. Pergunto para os seguidores do @primeirodigital qual o melhor portal de notícias, melhor site local, melhor blog (ou coluna online), melhor podcast e melhor usuário de rede social no compartilhamento de informações, dados e opiniões.

Continue lendo

agente POD | Ep. 008 – Fake News, pandemia e infodemia (com Toque de Mídia)

Padrão

Este episódio é uma parceria dos podcasts agente POD e Toque de Mídia. Em pauta, fake news. Andressa Fabris, João Pedro Alves, Karina Farias e eu falamos sobre o assunto e conversamos com Daniela Machado, do EducaMídia.

O EducaMídia é um projeto que busca combater a desinformação promovendo ações junto a crianças e jovens e capacitando professores.

Ouça e compartilhe!

Disponível nos tocadores Anchor.fm, Spotify, Google Podcasts, Breaker e Radio Public.


agente POD é o podcast do blog Primeiro Digital, do jornalista Alexandre Gonçalves.

Toque de Mídia é uma parceria do curso de jornalismo da SATC e da Alfa Comunicação e Conteúdo, de Criciúma (SC).

Criando podcast: Experimentando novos formatos e dinâmicas de gravação e edição

Padrão

Como estão vocês? Esperam que estejam todos bem e em casa, respeitando o pedido (ORDEM) da OMS como forma de conter o avanço do coronavírus. Aproveitando o tempo em casa, mantendo a rotina que já é habitual do home office, resolvi testar algumas ideias sobre podcast. O resultado está no episódio 007 do agente POD, o podcast do Primeiro Digital.

Continue lendo

agente POD | Ep. 007 – Mapa Mental em tempos de quarentena

Padrão

Aproveitando o tempo em casa, mantendo a rotina que já é habitual do home office, resolvi testar algumas ideias sobre podcast. O resultado está no episódio 007 do agente POD, o podcast do Primeiro Digital.

Neste episódio, usei a quarentena como central central para falar sobre o trabalho em casa e sobre o Twitter como canal para engajamento a favor da ciência e contra a propagação de notícias falsas, mas também para nosso entretenimento em tempos de confinamento.

O resultado está no player abaixo e no Spotify.

Disponível nos tocadores Anchor.fm, Spotify, Google Podcasts, Breaker e Radio Public.

O jornalismo hiperlocal na cobertura da pandemia do coronavírus

Padrão

O jornalismo tem prestado um relevante serviço na cobertura da pandemia do coronavírus. Ainda que seja alvo de ataques orquestrados que visam desacreditar veículos e jornalistas, há que se valorizar o conteúdo produzido tanto para a prevenção quanto para o contraponto a favor da ciência.

E não só os veículos nacionais têm feito um grande trabalho. Há que se destacar também o papel dos sites e jornais hiperlocais na divulgação de informações essenciais para suas comunidades. A relação de proximidade desses canais hiperlocais com o público, baseada em credibilidade e confiança, faz grande diferença num momento de crise na saúde pública como a que estamos vivenciando.

Por isso, pedi ao Andrei Paloschi, diretor de Jornalismo e Operações de O Município, de Brusque (SC), para  que compartilhasse com o Primeiro Digital como está sendo a cobertura da pandemia nas plataformas do grupo (site e jornal em Brusque e sites em Blumenau e Joinville).

Leia a seguir.

Continue lendo

agente POD | Ep. 006 – Como fica o inbound marketing diante da pandemia do coronavírus?

Padrão

Como fica o inbound marketing diante da pandemia do coronavírus? Esse é o assunto deste episódio do agente POD.

Pensei nesse tema quando fazia meu plano semanal de produção. Pareceu um mundo paralelo. Assuntos distante da atual realidade que vivemos de preocupações, cuidados e responsabilidade.

Fiz um mapa mental e cheguei a três tópicos para falar do assunto. É o que você ouve no episódio 6 do #agentePOD.

Disponível nos tocadores Anchor.fm, Spotify, Google Podcasts, Breaker e Radio Public.

Acesso liberado: Sites derrubam paywall para informar sobre coronavírus

Padrão

Sites e portais de notícias do Brasil e do mundo estão derrubando o paywall e liberando o acesso aos conteúdos sobre coronavírus para não-assinantes. A medida vem com certo atraso e ocorre logo após ser declarada pandemia pela Organização Mundial da Saúde. Veja a lista no final do post.

Continue lendo

Da ideia para o negócio: O desafio do jornalista que quer empreender

Padrão

Na tarde da última sexta-feira (28), estive na sede da ACI – Casa do Jornalista, aqui em Florianópolis. Fui a convite do meu amigo Lúcio Lambranho, que teve seu projeto Farol Insights aprovado no Cocreation Lab ACI, a primeira pré-incubadora específica para a área de comunicação e que conta com a parceria do Sebrae.

Os projetos aprovados estão passando por uma etapa de análise com o objetivo de medir o nível de comprometimento e a capacidade de tirar a ideia do papel. Depois, será feito um diagnóstico para verificar qual ou quais projetos têm potencial para prosseguir no projeto.

Continue lendo

Quando as fake news vão sambar?

samba enredo adnet
Padrão

Ano passado, a marchinha do blog dos jornalistas de Santa Catarina, o Pauta Que Pariu, que se reúne no sábado de Carnaval, no Centro de Florianópolis, composta por mim e pelo meu amigo Gastão Cassel, debochou das fakes news – de quem produz, de quem acredita e de quem espalha por burrice ou má intenção. “Checa, checa, checa / essa arroba é robô, é falcatrua”.

Continue lendo

agente POD | Ep. 005 – A importância da hospedagem para os sites e portais de notícias

Hospedagem de sites e portais de notícias
Padrão

Neste episódio, o assunto é a importância da hospedagem para sites e portais de notícias. A conversa é com Tatto de Castro, da ServerDo.in.

A empresa do Tatto é parceira do Primeiro Digital. Hospeda e dá suporte desde o lançamento do blog, em 2015. E é fornecedora de diversos canais digitais de notícias em Santa Catarina, onde a ServerDo.in está sediada (São José, na Grande Florianópolis), mas também de outros estados.

Ouça no Spotify ou no player abaixo.

Disponível nos tocadores Anchor.fm, Spotify, Google Podcasts, Breaker e Radio Public.

O SEO foi ao cinema: Qual o nome do filme?

filme da arlequina
Padrão

Há uma semana chegou aos cinemas Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa (Birds of Prey: And the Fantabulous Emancipation of One Harley Quinn), produção dos estúdios Warner Bros, baseada em personagens dos quadrinhos da DC Comics.

A bilheteria do fim de semana de abertura nos Estados Unidos ficou abaixo do esperado: US$ 33 milhões quando a projeção era US$ 50 milhões. E apenas três dias após a estreia, no dia 10, a Warner tomou uma decisão: alterar o nome do filme para melhorar o SEO para facilitar o acesso aos sites de vendas de ingresso e de redes de cinema.

Continue lendo

Já é hora de incluir o TikTok na sua estratégia de redes sociais?

Padrão

Fico sempre de olho quando uma nova rede social aparece desde os meus primeiros momentos de Twitter, lá em 2006/2007. Meu interesse sempre foi entender como funciona, mas também o que dá para criar a partir do que a plataforma oferece. Usar listas para reunir tweets das polícias rodoviárias para exibir notícias do trânsito é um exemplo.

Mas de uns tempos para cá – desde o Instagram, acredito – meu interesse passou a ter outro foco. Tenho me ocupado em acompanhar como as novas redes são usadas por empresas, seus social media e suas agências digitais. No momento, a curiosidade é sobre o TikTok.

Continue lendo

Reinaldo Azevedo NÃO FOI demitido

Reinaldo Azevedo não foi demitido
Padrão

Na sexta-feira (24), a Band News FM não transmitiu o programa O É da Coisa, com o comentarista político Reinaldo Azevedo, que tem se notabilizado como um dos mais críticos do “governo” Bolsonaro. No lugar do programa, a rádio veiculou um noticiário “genérico” e apenas informou que Azevedo retornaria hoje, segunda (27). Mas isso não foi suficiente e notícias falsas sobre uma suposta demissão do comentarista foram postadas e compartilhadas até por membros do “governo”.

Continue lendo

Canais esportivos ainda não desistiram do Twitter

Padrão

O SporTV e a ESPN vivem em um mundo digital à parte. As duas ainda usam o Twitter como ferramenta para interação com seus telespectadores, mesmo com a rede social cada vez mais tóxica e infestada de robôs e fake news. É o conceito da segunda tela que ainda resiste nos dois canais que chamam a participação e exibem comentários na tela.

Continue lendo