Novidade em Florianópolis: Farol valoriza reportagem, dados públicos e transparência

Padrão

Em 2000, tive a oportunidade de comandar um projeto do qual me orgulho muito, apesar da curta duração. Era uma revista mensal e com foco em reportagens que ajudassem jovens empreendedores na difícil missão de nascer e prosperar. Lúcio Lambranho era parte da equipe que montei. Já o conhecia da época da faculdade e dos trabalhos que ele havia feito em jornais de Florianópolis. Mesmo que tenha durado pouco, neste primeiro trabalho, pude começar a conhecer o repórter Lúcio Lambranho, que mais tarde fez carreira na cobertura política em Brasília, mexeu com o “status quo” da Capital federal, ganhou prêmios importantes e, por fim, ao retornar para Florianópolis, fez a diferença e ajudou a semear a paixão pela reportagem em boa parte da equipe do jornal Notícias do Dia. Fico feliz de ter participado deste processo que trouxe o Lúcio de volta para casa e que agora ele esteja colocando em prática seu desejo antigo de ter seu próprio site de reportagens. Quem acompanha o trabalho dele vê a qualidade das reportagens, o rigor da apuração, a coragem de questionar quem quer que seja, o enfoque com objetivo de fazer a diferença e contribuir para a mudança. Era assim lá em 2000 e continua sendo agora em 2016. São as marcas do trabalho do Lúcio que certamente estarão aqui neste Farol. Bem-vindo, Farol e, nunca é demais repetir, viva a reportagem!

Este é o texto que escrevi para saudar a chegada do Farol, site de reportagens da Grande Florianópolis, com foco em dados públicos e transparência e que é uma iniciativa do meu amigo Lúcio Lambranho. Farol estreia nesta quarta-feira, dia 22.

Lúcio tem grande experiência na área. Foi premiado quando estava no Congresso em Foco pela série Farras das Passagens, que mexeu com o Congresso Nacional em 2009. Na época, ele contou com exclusividade para o Coluna Extra os bastidores da reportagem.

Até o mês passado, Lúcio estava no Notícias do Dia, como repórter especial e atuando em parceria com jovens repórteres, mas não menos apaixonados pela reportagem, como Fábio Bispo na realização de séries como Crimes no Cárcere. A chegada do Farol concretiza um desejo antigo do Lúcio. Não é de hoje que ele fala sobre esse projeto e que tem tudo a ver com a visão de jornalismo que defende e que é de onde vem a paixão pela reportagem, como enfatizo no texto sobre o trabalho dele.

Posso garantir que a estreia do Farol será em grande estilo e além do conteúdo de qualidade teremos também a chance de acompanhar o modelo de negócio escolhido para a manutenção do site, começando pela contribuição de R$ 10,00. Favorite o endereço www.farolreportagem.com.br e siga no Facebook e no Twitter.

Você tem alguma informação ou comentário para acrescentar a este conteúdo?