Do leitor

Padrão

Meu colega Mateus Boing publicou em sua conta no Facebook dois trechos que ele considerou os mais importantes na entrevista da jornalista, professora e pesquisadora Ana Brambilla, concedida ao site Jornalistando, e que analisa o comportamento da mídia impressa diante do crescimento do consumo de informação na mídia digital.

“Não há saída para o jornalismo impresso”, afirma pesquisadora

Boing destacou os seguintes trechos da entrevista:

(…) A questão das demissões está relacionada à sobrevivência financeira. As redações e os veículos estão sofrendo porque o modelo publicitário não se sustenta. E por que ele não se sustenta? (…)

(…) As redes sociais, de modo genérico, criaram um modelo publicitário próprio e que funciona efetivamente na internet – mecanismo que os veículos de comunicação não criaram. Ou seja, a culpa não é da internet; a culpa é que não houve um esforço legítimo de criação de um modelo de faturamento próprio para o meio digital. O que aconteceu com os meios de comunicação? Eles simplesmente reproduziram no online aquele modelo da indústria de massa, baseado exclusivamente na quantidade e que era próprio do meio offline. Notamos, então, um fracasso total. (…)

Vote na enquete

Com que frequência você lê jornais e revistas no formato impresso?

Veja resultados

Carregando ... Carregando ...

Já conferiu a página Para Contratar?

Você tem alguma informação ou comentário para acrescentar a este conteúdo?

Deixe uma resposta