Mapa Mental 🤔 #40 | Corra que o “social media” da polícia vem aí 

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

Nesta edição do Mapa Mental:

– Corra que o social media da polícia vem aí
РPodcast como estrat̩gia para atrair p̼blico jovem
Atlas da Notícia mostra avanço dos sites de notícias
РCampe̵es de bilheteria, campe̵es na busca do Google


Corra que o social media da polícia vem aí 

Um dos aspectos que sempre destaco nas palestras e oficinas que ministro sobre gestão de conteúdo é o cuidado na hora de publicar um conteúdo nas redes sociais. É o popular não combina. Nem tudo que é feito em uma perfil pode ser replicado em outro. Não é assim que funciona. E às vezes falta noção e falta olhar para fora e lembrar de quem e com quem você está falando.

Por exemplo: faz sentido a Polícia Militar de Santa Catarina usar o Twitter, Facebook e Instagram para fazer sorteios? O prêmio é uma volta em um carro da PM (sério?) e o clima, de ostentação. A boa e velha viatura virou supermáquina com destaque até para as marcas dos veículos (Porsche, Camaro e Mercedes).

Ver o fio da promoção é muito estranho. O @pmscoficial fala com os seguidores do mesmo modo que uma marca de xampu! Estamos falando de um perfil INSTITUCIONAL!!! E pelo que é descrito, querem ganhar seguidores… Tem outro jeito de fazer que não seja usando a estratégia inadequada, que pode funcionar na visão do social media, mas não para a imagem da PM.

E se a ideia é criar uma ação para aproximar a PM com os cidadãos, também tem outras ações para implantar. Fora a questão da promoção incluir gastos com combustível para um uso dos veículos para uma atividade que não tem nada a ver com a finalidade do trabalho da PM.

Atualização em 17 de dezembro de 2019: E o tweet publicado no dia 16, com direito a vídeo e tudo, o clima de ostentação e falta de noção só aumenta na chamada para o sorteio. “Não fique de fora dessa oportunidade!!!”. 🤦‍♂️

Podcast como estratégia para atrair público jovem

Recomendo a leitura do artigo O fascínio dos jovens pelos Podcasts: Veículos tradicionais buscam esse recurso para rejuvenescimento do público, do jornalista Luiz André Ferreira. Ele destaca exemplos onde a criação de podcasts tem também o papel de atrair o público jovem.

Escreve Ferreira:

“Buscando surfar nessa onda jovem, veículos tradicionais estão correndo contra o tempo para lançarem seus streamings na busca pelo rejuvenescimento. E se impressionam como um mesmo tema apresentado numa plataforma diferente pode atingir um público que não alcançava”.

Leia o artigo completo (no LinkedIn).

Atlas da Notícia mostra avanço dos sites de notícias

Saiu a nova edição do Atlas da Notícia, uma iniciativa do Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) criada com o objetivo de mapear os veículos de conteúdo, especialmente de jornalismo local, em todo o Brasil.

Segundo o mapeamento, existem 11.833 empresas que produzem jornalismo no Brasil, considerando veículos impresso, digital, rádio e TV.

Por ordem de quantidade:

Rádio: 4.195 (35,5%)
Jornais e revistas impressos: 3.429 (29%)
Digital: 3.051 veículos (25,8%)
TV: 1.158 (9,8%).

Nesta terceira edição, o Atlas registra que 331 veículos jornalísticos foram extintos. Desse total, 195 eram impressos. E, por outro lado, como mostram os números acima, as plataformas digitais avançam e encostam nos impressos.

Desertos

Um dos pontos que o Atlas da Notícias sempre destaca são os desertos de notícias, que são as localidades onde não existem veículos jornalísticos. No total, são 3.487 municípios (62,6%), onde vivem 37,4 milhões de pessoas.

Acesse o site do Atlas da Notícia e confira o resumo publicado pelo Poder360.

Campeões de bilheteria, campeões na busca do Google

“O Irlandês” é um ótimo filme, mas o Martin Scorsese, que causou polêmica ao dizer que filme da Marvel não é cinema, dormirá com essa: a busca por heróis e heroínas – dos quadrinhos e da vida real – foi o destaque de 2019, segundo o Google.

Por falar em heróis e heroínas, já leu meu post sobre a relação conteúdo digital e a CCXP, o maior evento de cultura pop do mundo? Leia aqui.

Primeiro Digital no seu WhatsApp

Entre no Grupo Primeiro Digital e receba atualizações direto no seu WhatsApp. Clique aqui para entrar. 🚪

Até a publicação desta edição (em 13 de dezembro) já são 15 assinantes no Grupo.

Entre no Grupo e receba as atualizações por WhatsApp

 

Mapa Mental é a coluna de notas e insights do Primeiro Digital. Sempre às terças, uma nova edição. Com esta 40ª edição, o Mapa Mental encerra a temporada em 2019 e volta em 2020.

Todas as colunas.


Receba as atualizações por e-mail. Saiba como.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *