Mapa Mental 🤔 #23 | Competência na captação de seguidores; e mais

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

Nesta edição do Mapa Mental:

РCompet̻ncia na capta̤̣o de seguidores
РṆo ignore o digital
– Um texto essencial sobre nós e as redes sociais
Gol contra do Goiás, golaço do Flamengo
– Enquanto a ANJ “intica” com o Facebook…
– …Google e Facebook são reconhecidos como mídia
– Desopilando no Grupo Chico Barney
#Instadesespero

Competência na captação de seguidores

Novo na cidade, Sílvio visitou mais de um jornal para apresentar seu vasto currículo. E estranhou que sempre ouviu a mesma pergunta de quem o recebia e conferiu os lugares onde havia trabalho: “Tá, mas você é amigo de quem?”.

Depois da quarta entrevista e cansado da mesma pergunta, resolveu tentar outra estratégia na próxima redação que visitaria. E não deu outra. “Muito bem, a vaga é sua”, disse o editor devolvendo a agenda telefônica para Sílvio.

O texto acima é um resumo de um texto de ficção (“Agenda vitae”), exagerado, mas baseado em fatos reais, que escrevi nos anos 90 dentro de uma série inédita chamada Diários da Redação.

Lembrei dele ao ler a notícia sobre a ida dos jornalistas Mari Palma e Phelipe Siane, ex-Globo, para a CNN Brasil. O canal, ainda em fase estruturação e formação de equipe, levou em conta a presença dos profissionais nas redes sociais como um critério para fechar a contratação, como registra o colunista Maurício Stycer no UOL.

Ou seja, em vez do “é amigo de quem”, “quantos seguidores você tem” – o que é ainda mais curioso é que Mari e Siani não estavam em alta na Globo, onde surgiram como grandes apostas, mas que acabaram “escondidos” no Mais Você e no Globo Rural, respectivamente.

Não ignore o digital

A ideia de que o perfil jovem do canal e a presença digital possa levar público para a CNN Brasil não tem 100% de garantia. Não será a primeira tentativa que a TV fará neste sentido (o fracasso do reality show O Aprendiz só com youtubers e influencers deu traço do começo ao fim na Band).

Agora, o que fica de recado para os jornalistas, na minha opinião, não é “tenha muitos seguidores”, mas sim “tenha uma vivência digital”. Isso é algo importante e que infelizmente vi e ainda vejo muitos colegas jornalistas não dando muita pelota para isso.

Um dia, a julgar pelo rumo que as coisas estão indo, a única oportunidade que pode surgir pode ser numa plataforma digital. E quem não estiver preparado, pode ficar para trás.

Um texto essencial sobre redes sociais

No embalo do post sobre o Twitter tóxico, que publiquei nesta terça-feira aqui no Primeiro Digital, recomendo muitíssimo o texto Pequeno manual de conduta e resistência ao controle do discurso e da libido, do psicanalista Marcos Donizetti, que circula no WhatsApp. Trata-se de um retrato que ajuda a nos situar neste cenário tão confuso e desanimador que temos nas redes sociais. O texto do Donizetti é profundo e certeiro e faz pensar realmente no modo como usamos os canais digitais e nos deixamos usar, sem perceber.

Li hoje (23) e me assustei por ser tão conectado com o que estou sentindo ao acessar o Twitter nos últimos dias. E o pior veio depois quando descobri que o texto foi publicado originalmente em novembro de 2018.

Por favor, leia Pequeno manual de conduta e resistência ao controle do discurso e da libido.

Gol contra do Goiás, golaço do Flamengo

O time do Goiás “causou” no Twitter com a divulgação de um vídeo teaser do seu novo uniforme. Simplesmente o esmeraldino goiano fugiu do padrão e produziu basicamente um vídeo que poderia servir de vinheta para o Cine Privê ou para o Sexy Hot.

O clube sensualizou a divulgação com modelos mulheres em poses insinuantes, fotografia e trilha que passam longe do bom gosto. Não deu para entender essa ideia do Goiás.

Ao contrário do Goiás, o Flamengo deu um banho na estratégia de divulgação do seu novo reforço, o lateral-esquerdo Filipe Luís, catarinense de Jaraguá do Sul, ex-Atletico de Madrid, mas flamenguista desde criancinha.

Veja os tweets:

Enquanto a ANJ “intica” com o Facebook…

Facebook financia o jornalismo que está matando em busca de melhor imagem junto a reguladores, diz jornalista da Universidade Columbia

…Google e Facebook são reconhecidos como mídia

Conselho de normas publicitárias reconhece Google e Facebook como veículos de mídia

Desopilando no Grupo Chico Barney

Já havia recomendado o @chicobarney como um dos mais divertidos do Twitter. Agora, a dica é o Grupo Chico Barney, o lugar ideal para quem quer desopilar. Ideal para dar risadas e matar saudade de momentos históricos, engraçados e até constrangedores da TV e do mundo das sub-celebridades. Sentir vergonha alheia é um efeito colateral, mas tudo bem.

Acesse e peça sua inscrição no Grupo Chico Barney. 

#Instadesespero

Segunda-feira (22), o humorista Maurício Meirelles, famoso pelo quadro Webbulyng, fez uma pegadinha durante o Stand Up Jovem Pan, apresentado por ele na rádio Jovem Pan. Meirelles criou o @seeinstalike (já desativado) e divulgou no seu Instagram dizendo que era só seguir o perfil que os números de likes voltariam a ser exibidos em 30 minutos. O povo acreditou!!!

No trecho abaixo, ele conta o resultado da “experiência”.

E como prova do #instadesespero, desnecessário, na minha opinião, muitos usuários estão “improvisando” para exibir o número de likes. O Link, do Estadão, registrou, por exemplo, o que fez a influenciadora Marina Ferrari.

Ela publicou duas capturas de tela nas quais era possível ver as 40 mil curtidas de uma de suas fotos tirada em uma viagem a Cancún, no México. Foi criticada em várias redes sociais, mas não viu problema porque acredita que tenha bom engajamento. “Postei meus números para mostrar que ainda ia aparecer para mim. Pedi para continuarem curtindo e comentando. Isso ajuda a me motivar mais e também a mostrar resultados para meus clientes”.

Não tá fácil a vida dos influenciadores…

Mapa Mental é a coluna de notas e insights do Primeiro Digital. Sempre às terças uma nova edição.

Todas as colunas.


Receba as atualizações por e-mail. Saiba como.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *