Mapa Mental 🤔 #18 | É podcast que chama?; e mais

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

Nesta edição:

– É podcast que chama?
– Ficou interessado em podcast?
Tendências da Internet 2019
– QR Code na TV
– #MaterialGirl


É podcast que chama?

E a bola dos podcasts não para de encher. Agora foi a vez da Veja SP dar capa para o assunto com uma ampla reportagem sobre o sucesso de quem está investindo no formato. Para quem está interessado e até pensando em produzir seu próprio podcast, Veja SP presta um ótimo serviço.  Ao apresentar diferentes exemplos de programas, reforça a diversidade que tem caracterizada a chamada “era do podcast”.

E além de boas histórias, a reportagem de Veja SP também é didática, com dicas para montar um podcast e um alerta correto sobre como ganhar dinheiro com o formato, e que reproduzo abaixo:

Apesar da onda positiva, ganhar dinheiro na área ainda é uma tarefa árdua. Na ginástica para bancar os custos de realização, há quem chegue a oferecer seus equipamentos para a gravação de aulas e audiobooks. Também vão bem os financiamentos coletivos pagos mensalmente pelos ouvintes e o bom e velho merchandising.

De longe, a opção mais rentável é criar episódios ou temporadas inteiras personalizadas para patrocinadores. Há programas que já foram vendidos por 50 000 reais a edição nessa modalidade. Outra boa tática que passou a ser usada é a participação do anunciante na mesa de apresentadores.

Leia a reportagem completa: A era dos podcasts: o sucesso dos programas de áudio online

Quero saber

O que você acha de todo esse auê em torno dos podcasts? Acredita que o formato realmente seja eficiente e tenha consistência para se tornar rentável para produtores de conteúdo e para veículos?

Deixe seu comentário.

Tendências da Internet 2019

O fato dos americanos passarem mais tempo nos dispositivos móveis do que assistindo televisão foi o que mais chamou atenção no documento Internet Trends 2019, apresentado pela analista Mary Meeker, na Code Conference, promovida pela plataforma Recode, em Nova York.

Pela primeira vez, os americanos passaram mais tempo em dispositivos móveis do que assistindo televisão. Uma estimativa de 2019 aponta que os adultos gastaram uma média de 226 minutos (mais de três horas e meia) em seus celulares, comparados com 216 minutos na TV. Há dez anos, a televisão reinava com 266 minutos por dia enquanto o mobile atraía por apenas 20 minutos.

Da lista de 12 tendências compartilhadas no Meio&Mensagem, chama a atenção também algumas que impactam diretamente na produção de conteúdo.

Um número crescente de pessoas está usando imagens na comunicação: Mais de 50% de todos os tuítes, por exemplo, agora incluem imagens.

Testes gratuitos são a ferramenta de marketing mais efetiva para os serviços de streaming online para atrair novos usuários, com 42% dos consumidores listando “teste gratuito” como a razão mais convincente para testar um novo serviço.

E sobre modelo de negócio e viabilidade comercial de plataformas digitais, um insight preocupante (desafiador, vendo o copo meio cheio) de Mary Meeker.

Apesar das pessoas estarem passando mais tempo online, a receita publicitária no digital está desacelerando. O relatório afirma que a verba de anunciantes no digital cresceu 20%, uma queda no percentual anterior de 29%.

Leia o conteúdo completo no Meio & Mensagem.

📺 Assista à apresentação de Mary Meeker e veja outras tendências para a Internet 2019.

QR Code na TV

Interessante a coincidência. Mary Meeker destaca que pessoas estão mais tempo no smartphone que na TV. Aí o programete G1 em um Minuto, exibido na programação da TV Globo, passa a exibir um QR Code de cada notícia que é apresentada. Assim, quem está assistindo TV, aciona o seu leitor de QR Code e vai ler a notícia completa no G1. Baita ideia, mas não é incentivo para a fuga da audiência? Será que o espectador volta para a TV?

“Tô de brinks”. Caminho é esse: multiplataforma.

#MaterialGirl

Madonna diz que Instagram é ‘projetado para fazer você se sentir mal’ e se diz sortuda por ter vivido parte da fama sem redes sociais.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Madonna (@madonna) em

@ da vez

Sigo no Twitter o @jorgecunha, analista de marketing digital, e que usa sua conta para fazer curadoria e compartilhar tweets e links sobre tendências, dados e afins.

Agenda

No próximo dia 25 de junho, em sua sede em Florianópolis, a ACI (Associação Catarinense de Imprensa) promove a palestra A experiência do jornalismo digital no Reino Unido e na Alemanha e uma reflexão para os profissionais catarinenses. 

Os palestrantes são o jornalista inglês Keith Perch (com passagem pelo Daily Mail) e a jornalista brasileira Ivana Ebel (com passagem pela Deutsche Welle). Ambos são do departamento de jornalismo da Universidade de Derby, no Reino Unido.

A entrada é gratuita e as inscrições deve ser feitas no site do evento.

Mapa Mental é a coluna de notas e insights do Primeiro Digital. Sempre às terças, uma nova edição.

Todas as colunas.


Receba as atualizações por e-mail. Saiba como.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *