Mapa Mental 🤔 #17

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

Nesta edição:

🎙️ Especial Podcast
– Na onda dos podcasts
– Descobrindo a pólvora.
A pergunta que não quer calar
– Quando Veja vira “Ouça”
– Por que fazer podcasts?
– Dicas para criar e divulgar podcast

E não se fala de outra coisa? 🤔


Na onda dos podcasts

É cada vez maior o interesse por podcasts, especialmente por parte da chamada “mídia tradicional”. Exemplo disso é o evento que a duas entidades, a ANJ (Associação Nacional de Jornais) e a ANER (Associação Nacional de Editores de Revistas), promovem no próximo dia 26 de junho, em São Paulo.

“Na onda dos podcasts” contará com a participação de produtores de conteúdo em áudio e abordará temas como estratégia editorial, potencial de crescimento e tendências. Representantes do Ibope também marcarão presença dando maiores detalhes da pesquisa sobre podcasts feita pelo instituto e divulgada em maio.

Saiba mais sobre o evento e como se inscrever.

 Descobrindo a pólvora

Como contei no post sobre minha primeira experiência com podcast, o formato não é novo e é salutar ver o interesse que está despertando na atualidade. A ANJ, além de co-promover o evento do dia 26, tem publicado conteúdos em seu site sobre o formato. O mais recente, do dia 3 de junho, destaca em manchete que “Podcasts ganham espaço, valorizam jornalismo e conquistam audiência”.

Diz o texto:

Os podcasts conquistaram espaço e audiência no Brasil em meio à popularização desse tipo de conteúdo produzido para a distribuição digital. Há atualmente, segundo a Associação Brasileira de Podcasters (ABPod), mais de 2 mil programas ativos no país. Entre eles, destacam-se os podcasts narrativos, que usam uma estrutura dramática diferente para conquistar a atenção do ouvinte e apostam na valorização das histórias de seus personagens. Para muitos editores de notícias, esses conteúdos não são apenas um caminho a mais para o engajamento de audiência, mas também valorizam o jornalismo.

A pergunta que não quer calar

O interesse pelo formato vem acompanhando também de uma dúvida: como gerar receita com podcasts?

Especialmente para os donos de jornais, um alerta precede a resposta: controle a ansiedade. O potencial de aproveitamento comercial do podcast é enorme, mas é preciso conhecer e entender as características do formato e partir disso traçar uma estratégia para faturar.

Pensar em podcasts para nichos, em projetos especiais ou em programas de temporada podem facilitar o caminho até patrocinadores. Não vejo podcasts no “varejão” (tipo manchetes do dia) nem replicando o que já existe em outras plataformas.

Por exemplo, a coluna do jornal/site pode não fazer sentido em formato de áudio se não agregar vozes e explorar outros aspectos do que já foi publicado.

O programa de TV pode não render como podcast se não oferecer algo inédito. Serve de referência, cria um vínculo inicial, mas apresenta algo novo. E isso é o faz o podcast ser atrativo para ouvintes e para anunciantes.

Por fim, para gerar receita com podcast, é preciso investir na formação do pessoal do comercial. Sabem o que estão vendendo?

Onde a Veja vira “Ouça”

A Veja é um dos veículos tradicionais que está investindo em podcasts desde o início de 2019. No momento, a revista tem publicado três programas semanais, o Funcionário do Mês (???), sobre política, o Enquanto você treina, sobre vida saudável, e o VEJA Música.

Para ouvir: veja.abril.com.br/podcast

Por que fazer podcasts?

Quem responde é o jornalista Alexandre Maron, um dos pioneiros do formato no Brasil, em episódio especial do podcast Zing!.

Listen to “#56 – Por que fazer podcasts?” on Spreaker.

Quer fazer podcasts?

Alexandre Nickel, do podcast Meia Hora Sozinho, criou um Moment no Twitter com algumas perguntas e respostas para quem está querendo criar seu primeiro podcast. Recomendo, dicas práticas que ajudam a entender o processo, além de conhecer ferramentas que ajudam a produzir e divulgar o podcast.

Acesse aqui.


E não se fala de outra coisa?

Sim, se fala.

Leitor participa – Muito boa a iniciativa da equipe do NSC Total de convidar os leitores para participar diretamente do construção de um modelo de site de notícias. “Se você pudesse escolher o seu site de notícias ideal, quais assuntos, marcas ou categorias você selecionaria para fazer parte dele?”.

E além da pesquisa, o NSC Total também está fazendo outro convite aos leitores: ser beta tester de uma nova ferramenta para acessar notícias de modo personalizado. Quer participar?.

Donas do Placar – Na foto, a equipe do programa Donas do Placar, da Rádio Ponto, a webrádio do Curso de Jornalismo da UFSC, que está transmitindo os jogos da Copa do Mundo de Futebol Feminino da França.

Já foram transmitidos o jogo de abertura (França X Coreia) e a estreia do Brasil contra a Jamaica.

Na primeira fase, as Donas do Placar vão transmitir ainda:

11/06 | Chile X Suécia | a partir das 12h30

13/06 | Austrália X Brasil | a partir das 12h30

18/06 | Itália X Brasil | a partir das 15h30

20/06 | Suécia X EUA | a partir das 15h30

Ouça na Radio Ponto UFSC

Acompanhe nas Donas do Placar no Twitter, no Instagram e no Facebook

US$ 4,7 bilhões – É quanto o Google faturou em 2018 com o rastreamento e a captura de conteúdo produzido por jornais e outras empresas jornalísticas a partir de seu mecanismo de busca na internet e do Google News – sem pagar nada para quem produziu o conteúdo.

Os dados são de estudo divulgado no dia 10 pela News Media Alliance (NMA), associação que reúne cerca de duas mil organizações de mídia nos Estados Unidos e no Canadá. 

Confira mais dados do estudo.

Importância do design – Além da importância do conteúdo jornalístico há que se destacar também a forma como o Intercept Brasil apresentou as reportagens sobre o vazamento de mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro com membros da força tarefa da operação Lava Jato.

Ótima escolha de cores e estilo de ilustrações, além da organização do conteúdo, o que certamente ajudou na leitura que deve ter sido de maior audiência no formato mobile pelo horário de sua publicação.

Mapa Mental é a coluna de notas e insights do Primeiro Digital. Sempre às terças, uma nova edição.

Todas as colunas.


Receba as atualizações por e-mail. Saiba como.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *