A vida tem dessas coisas

Padrão

por ALEXANDRE GONÇALVES

Duas semanas atrás, vibramos na redação do RIC Mais. Entre tantas notícias tristes, como a morte da jovem Jéssica, alcançamos grande audiência e repercussão coma história do cachorro que não quis abandonar seu dono e foi junto no camburão da PM para a cadeia.

Depois, entre a cobertura de mortes estúpidas e a infinidade de denúncias de corrupção na Câmara de Vereadores de Florianópolis, nossos colegas do Notícias do Dia nos brindaram com a história do jacaré que apareceu em um açude no distrito de Pirabeiraba, em Joinville.

Curioso.

Tanto quanto o vídeo enviado por uma leitora de Joinville que mostra um caranguejo tentando atravessar uma rua movimentada, depois de fugir de uma peixaria. Cena divertida, inédita e que tem tudo o a ver com Joinville. E isso é o que importante no trabalho que fazemos: nos interessamos por tudo o que acontece e tudo o que tem a ver com o dia a dia das cidades onde atuamos.

Pensamos e agimos localmente. O local está na nossa mente, no nosso campo de visão, no nosso raio de atuação.

E é assim que buscamos informar nossos leitores e fazer aquilo que nenhum outro meio que não a internet consegue: gerar reações e mexer com as emoções dos leitores de forma instantânea. Vimos isso claramente nos comentários do vídeo do caranguejo no Facebook e no ND Online.

Alguns leitores criticaram a publicação do conteúdo, enquanto outros curtiram e captaram nosso propósito de, neste caso, evidenciar o que acontece de curioso em Joinville. Virou um chat entre leitores discutindo a relevância ou não do vídeo.

Veja o exemplo.

Comentário: Nossa,essa matéria acrescentou muito ao meu dia.:-|

Resposta: Acrescentou o mesmo que a novela que tu vai assistir daqui a pouco acrescentaria. ;)

Outro exemplo:

Comentário: nao tem mais nada pra postar de reportagem aff

Resposta: Porque? Queria uma tragédia? Antes uma reportagem assim, do que uma reportagem falando de pessoas que morreram….

Ou:

Comentário: Q gente chata fica reclamando, se fosse uma desgraça todos iam gostar!!!

O fato de também publicarmos o vídeo do caranguejo não quer dizer que não estamos publicando notícias que “acrescentam” na vida das pessoas, que na visão da maioria dos comentarista de internet, são aquelas notícias que a gente não gostaria de dar e que geram indignação entre os…comentaristas da internet. Muito pelo contrário. Tem conteúdo para todos os gostos e assim é que tem que ser e, como já disse, com o foco muito bem definido no que é assunto local.

E que bom que a internet e a vida nas nossas cidades não são feitas só do que gera indignação. Já imaginou o tamanho do estresse, proporcionalmente maior que o da animação?

Também podemos sorrir, meus caros, com o que lemos e vemos na internet.

E como é fácil sorrir na internet é fácil. Basta juntar : com ) e pronto. Temos uma emoção para curtir e compartilhar.

🙂

Post publicado originalmente no blog #CaEntreNos, no portal RIC Mais, em 16 de dezembro de 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *